Novo decreto exclui comércios do atendimento presencial em São Sebastião

Em menos de 24 horas, Prefeitura mudou as regras sobre abertura de estabelecimentos

1
190
decreto
Lojas abriram nesta terça e novo decreto determinou fechamento (Foto: Helton Romano/ NI)
- Publicidade -

Menos de 24 horas depois da publicação do decreto que liberou comércios em São Sebastião, a Prefeitura já alterou as regras, na manhã desta terça (6). Agora, somente restaurantes podem operar com 50% da capacidade, no atendimento presencial. O documento anterior incluía comércios em geral. Em razão disso, muitas lojas já abriram as portas nesta terça (veja a foto).

- Publicidade -

Também foi fixado o horário para consumo local nos restaurantes: das 5h às 20h. Conforme o texto, a permissão não abrange outros estabelecimentos de alimentação (lanchonetes, bares, padarias, cafeterias).

O comércio ambulante (sem colocação de cadeiras) também fica liberado, ao mesmo tempo que o decreto restringe as praias apenas para atividade esportiva individual. Fica autorizado o uso das áreas comuns de condomínios. Hotéis e pousadas não precisam mais exigir laudo negativo de exame para Covid. Igrejas permanecem livres de restrições.

Estão proibidos os estabelecimentos de serviços que não integram a lista de atividades essenciais, como academias, chaveiros e estacionamentos privados. Escritórios também ficaram fora da lista, exceto os de advogados, autorizados por outro decreto. Já o funcionamento de salões de beleza e barbearias continua permitido.

Decreto não disponível

A Prefeitura não fez comunicado prévio sobre a flexibilização. Até o final da noite de ontem, também não havia feito divulgação da alteração nas regras.

No Diário Oficial, desta terça, somente o decreto do dia anterior foi publicado. O mais recente está disponível neste link: http://www.saosebastiao.sp.gov.br/…/arquivos/04218176.pdf.

- Publicidade -

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui