Caraguatatuba libera igrejas e salões de beleza na fase emergencial

Serviço de retirada na porta dos estabelecimentos também foi autorizado

0
137
igrejas
Novo decreto passa avaler nesta segunda-feira (Foto: Pixabay)
- Publicidade -

A Prefeitura de Caraguatatuba liberou o funcionamento de igrejas, com reuniões, missas e cultos presenciais, a partir de segunda-feira (5). Salões de beleza e barbearias também foram autorizados a reabrir. O novo decreto que regulamenta a fase emergencial nos próximos sete dias foi publicado neste domingo (4).

- Publicidade -

Segundo o documento, as igrejas devem funcionar com a capacidade máxima de 25% do local. Os presentes devem utilizar máscara, vedar contato físico e todos devem permanecer sentados durante a celebração. O centro religioso deve manter portas e janelas abertas para a ventilação e será necessária a desinfecção do piso e cadeiras após cada encontro. A aferição de temperatura também será necessária na porta das igrejas.

Salões de beleza e barbearias poderão funcionar com agendamento de forma não presencial, atendimento individual, intervalo entre clientes para não gerar filas e aglomerações. os estabelecimentos também devem realizar a higienização completa de assentos, ferramentas e acessórios, realizar troca de toalhas e capas a cada cliente atendido, aumentar a distância entre cadeiras e lavatórios com mínimo de 1,5 metro e intensificar a higienização diária do local com álcool em gel 70%.

O serviço de retirada na porta dos estabelecimentos também fica liberado, mas não poderá haver filas nos locais. Os pedidos devem ser feitos de forma remota (telefone ou aplicativo) e somente a retirada pode acontecer presencialmente. Este serviço de retirada, tanto na porta quanto drive thru, fica proibido das 20h até 5h, já o serviço de entrega (delivery) é permitido sem restrição de horário. Igrejas também podem retornar com cultos e reuniões.

Comércios essenciais

Os comércios essenciais da cidade devem ainda permitir a permanência de apenas uma pessoa por família durante as compras, exceto crianças de colo e portadores de deficiências especiais.

Os estabelecimentos liberados para o funcionamento deverão observar, além das normas de vigilância sanitária, as seguintes regras e procedimentos gerais: uso obrigatório de máscaras, 40% de consumidores de acordo com sua capacidade, distanciamento social de 1,5 metro entre as pessoas e higienização das mãos e outras medidas.

O novo decreto ressalta ainda que os estabelecimentos essenciais não sofrerão restrições nos seus horários de funcionamento.

Lazer segue proibido

Continua vedada a reunião, concentração ou permanência de pessoas nos espaços públicos, em especial, nas praias e parques. As marinas do município podem realizar apenas trabalhos internos, como por exemplo, manutenção preventiva e corretiva de embarcações, sem atendimento ao público.

A venda de bebidas alcoólicas continua proibida após as 20h até 5h.

- Publicidade -

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui