Animais vítimas de maus-tratos são resgatados em Caraguatatuba

Policiais ambientais constataram denúncias que dois cachorros e uma gata estavam sem água e comida, dono foi multado em R$ 9 mil

0
474
Condições insalubres de maus-tratos foram constadadas no local (Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)
- Publicidade -

Após recebimento de uma denúncia de maus-tratos, policiais ambientais da 3ª Companhia encontraram três animais abandonados em uma casa localizada na Rua Poá, no bairro Martim de Sá, região central de Caraguatatuba.

- Publicidade -

Ao chegarem na casa, aparentemente abandonada, encontraram o portão trancado com cadeado, mas viram no quintal os cachorros Maggie e Remp e a gata Buana.

Eles estavam sem comida e água e os cães tinham muitos carrapatos no corpo. O espaço foi considerado insalubre, repleto de fezes e lixo.  A equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) foi acionada e recolheram os animais.

Condições insalubres de maus-tratos foram constadadas no local (Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)
Condições insalubres de maus-tratos foram constadadas no local (Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)

Vizinhos contaram aos policiais ambientais que na casa residência morava um casal, mas não era visto há vários dias. Alguns, comovidos com a situação dos animais, até colocaram um pouco de água depois de perceber que estavam abandonados há dias.

Enquanto fiscalizavam o local, um homem de 39 anos chegou dizendo ser o dono dos animais. Ele afirmou que estava separado há 10 dias de sua companheira e que ela havia viajado para outra cidade, sem deixar a chave da casa.

Diante do flagrante de maus tratos, os policiais deram voz de prisão para homem que também foi autuado no artigo 29 da Resolução SMA 48/14,  que trata de praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. A multa é de R$ 3 mil por animal.

A ocorrência foi apresentada no DP de Caraguatatuba, o delegado de plantão ratificou a prisão e elaborou o boletim de maus-tratos a animais.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone (12)3886-2200

- Publicidade -

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui