Ilhabela recebe mais de 30 prefeitos do Estado de São Paulo

O principal tema abordado nessa reunião foi o repasse aos municípios pelo Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias

0
233
Reunião da Aprecesp aconteceu em Ilhabela na sexta-feira (Foto: PMI/ Divulgação)

A prefeita de Ilhabela, Maria das Graças Ferreira, a Gracinha, recebeu mais de 30 prefeitos do Estado de São Paulo, nesta sexta-feira (16). O grupo foi ao arquipélago para a 4ª Reunião Ordinária da Aprecesp (Associação das Prefeituras das Cidades Estância do Estado de São Paulo).

- Publicidade -

O principal tema abordado nessa reunião foi o repasse aos municípios pelo Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade), ligado à Secretaria do Turismo do Estado de São Paulo, que recebeu duras críticas de prefeitos e do deputado estadual, Edmir Chedid. Entre as críticas e demonstrações de descontentamento dos prefeitos, os
números apresentados como repasse do Dade Tur 2019, considerados muito reduzidos; a demora no atendimento dos projetos e repasses e até lentidão e qualidade do atendimento às prefeituras no governo.

O representante do governo estadual na reunião, Marcelo de Lima Costa, secretário Executivo da Secretaria de Turismo, fez uma prestação de contas dos recursos do Dade Tur 2019 e respondeu as principais críticas. Segundo os números apresentados por ele, foram R$ 91 milhões de janeiro a agosto desse ano, enquanto no mesmo período de 2018 foram R$ 48 milhões. Falou que os novos projetos seguiram uma análise que obedece seis critérios, entre eles a capacidade para manter e incrementar ou requalificar o fluxo turístico; a consistência entre os objetivos do projeto e as possibilidades de estruturação do destino e por últimos e também a contribuir para o processo de desenvolvimento regional, além de outros três pilares.

Sobre as críticas, Marcelo alegou que nas últimas reuniões a relação com os 70 prefeitos da Aprecesp tem avançado e destacou a importância da aprovação dos projetos. “Sem projetos ninguém receberá recursos. É a lei”, disse Lima. Ele defendeu o governo atual, alegando estar pagando obras das gestões passadas e afirmou que se receber denúncia formal de prefeitos sobre atendimento inadequado determinará abertura de processo administrativo para apuração.

Ao encerrar o evento, que durou cerca de três horas, a prefeita Gracinha Ferreira parabenizou a Aprecesp pela qualidade da reunião, destacou o desafio do governo estadual para atender as demandas apresentadas e reiterou a importância da união de todos no trabalho de fortalecimento dos interesses dos municípios.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui