São Sebastião é alvo de roubo e vandalismo em prédios públicos

Foram três casos no último final de semana e um dos autores foi preso

0
72
Escola Municipal da Vila Amélia foi alvo de vandalismo (Foto: PMSS/ Divulgação)

A cidade de São Sebastião foi alvo de dois roubos em repartições municipais e um vandalismo em escola nesse final de semana.

- Publicidade -

No sábado (19), um jovem furtou um ventilador do setor de Cadastro da Administração Municipal – setor ligado a Secretaria da Fazenda (Sefaz). As câmeras do Centro de Operações Integradas (COI), setor ligado à Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Segur), identificaram o suspeito, que foi preso.

Também nesse fim de semana houve roubo no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do bairro da Vila Amélia – no Centro da cidade. Quando a funcionária abriu o local na manhã desta segunda-feira (21), às 7h, deu falta do botijão de gás. Também foi levado um computador, documentos físicos administrativos e judiciais.

Já foi registrado Boletim de Ocorrência, e a perícia já vistoriou o local, onde se constatou a quebra do cadeado no portão, e a estrutura da janela que teria sido forçada. Análises de imagens captadas de câmeras próximas tentam identificar suspeitos.

Creas foi furtado no fim de semana (Foto: PMSS/ Divulgação)

A Secretaria Municipal de Educação registrou, na manhã desta segunda-feira, um Boletim de Ocorrência por vandalismo em uma unidade escolar da rede municipal de ensino.

Desta vez, foi a Escola Municipal de Educação Infantil Peteleco, localizada na Vila Amélia, região Central da cidade, onde os vândalos quebraram lixeiras, a piscina de bolinhas e picharam o banheiro das crianças, além de terem sujado toda a escola.

A direção da unidade acionou a Guarda Civil Municipal (GCM), e o Centro de Operações Integradas (COI) está analisando as imagens das câmeras de segurança das imediações para tentar identificar os autores.

A Prefeitura de São Sebastião pede também a colaboração da população. Caso alguém tenha informação de possíveis autores deste crime entre em contato com o Centro de Operações Integradas (COI) pelo número 153. A ligação é anônima.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui