Morador denuncia despejo de esgoto em rio de Caraguatatuba

Sabesp alega que as imagens do rio Mococa se tratam de efluentes tratados
Vídeo mostra suposto esgoto (Foto: NI)

Por Fernanda Veiga

Um leitor do Nova Imprensa registrou em vídeo o que seria, segundo ele, esgoto sendo despejado dentro do rio Mococa, na região norte de Caraguatatuba, supondo tratar-se de caso semelhante ao que houve anteriormente no rio Guaxinduba, no bairro Martin de Sá. Segundo a Sabesp, o que é lançado no rio Mococa é o “efluente tratado com parâmetros enquadrados à legislação vigente”.

Segundo o biólogo Marcelo Ramos, da Universidade de São Paulo (USP), “efluentes são os resíduos industriais de esgotos e das redes pluviais, que são lançados no meio ambiente; qualquer líquido ou gás gerado nas diversas atividades humanas e que são descartados na natureza”.

A Sabesp informa que “todas as ações adotadas pela empresa na cidade de Caraguatatuba, assim como nos demais municípios em que atua, seguem os requisitos legais de lançamento de esgoto, dotando-se de técnicas operacionais do início ao fim do processo, lançando nos rios efluente tratado com parâmetros enquadrados conforme definidos na legislação vigente”.

A empresa afirma ainda que apesar do aspecto visual no ponto de lançamento, o mesmo não altera a qualidade da água do rio, dado verificado por meio de monitoramento realizado sistematicamente pelo controle sanitário da empresa, utilizando-se de metodologias reconhecidas.

A Cetesb, agência do governo que regula o licenciamento de atividades geradoras de poluição, informou que a unidade de São Sebastião não recebeu nenhuma reclamação, mas que a companhia está em processo de apuração do caso anterior, referente a denúncia de extravasamento de esgoto no rio Guaxinduba. O relatório técnico, segundo a Prefeitura Municipal de Caraguatatuba, foi enviado para a Cetesb pela própria Sabesp, que já assumiu a culpa e realizou uma auto denúncia.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário