Dersa entrega FB-30 e no mesmo dia outra balsa perde motor e fica à deriva

Embarcação reformada custou R$ 2,9 milhões ao governo estadual
FB-30 entrou em operação nesta terça-feira (29) (Foto: Divulgação)

Uma das embarcações que fazem a travessia São Sebastião/Ilhabela teve um problema mecânico na manha desta terça-feira (29) e ficou por algum tempo à deriva no Canal. Ela precisou ser rebocada. 

O caso foi registrado por volta das 10h e envolveu a FB-14, que saiu do arquipélago em direção ao continente. Segundo informações da Dersa – Desenvolvimento Rodoviário S/A, a embarcação  apresentou problemas técnicos enquanto se deslocava  e recebeu o apoio do ferryboat FB-Valda II, que navegava nas proximidades. 

“A falha foi pontual e rapidamente solucionada. Tanto é que a embarcação seguiu viagem com os próprios motores, atracou normalmente em São Sebastião e os usuários desembarcaram com total segurança”, disse a nota da Dersa.

Esta foi a segunda vez, em poucos dias, que a travessia teve problema por conta de defeitos nas balsas. No final de semana houve uma pane mecânica na FB 25 e ela precisou ser tirada de circulação até o devido conserto. A demora para atravessar, no final de semana, chegou a quatro horas.

Reforma

Conforme prometido durante a visita do governador Geraldo Alckmin, na segunda-feira (28), a Dersa entregou a FB-30 totalmente remodelada nesta terça. Com capacidade para transportar 56 veículos, o ferryboat  já está em operação para reforçar a frota da travessia, depois de passar por um amplo processo de reforma e modernização que durou 180 dias.

De acordo com a Dersa, o investimento do Governo do Estado foi de R$ 2,9 milhões para substituir as chapas de aço, refazer a pintura e renovar os sistemas elétrico, eletrônico e hidráulico. Além disso, também foi feita a instalação de novos equipamentos de salvatagem, como boias, botes e coletes salva-vidas.

“A remodelação garante à FB-30 o Certificado de Segurança da Navegação (CSN) renovado, uma obrigatoriedade da Autoridade Marítima cumprida a cada cinco anos”, diz a empresa em nota.

A embarcação também recebeu quatro conjuntos de motores propulsores, reversores e eixos zero quilômetro. Os novos equipamentos são considerados mais modernos, econômicos e apresentam baixa emissão de poluentes.

Previsão

Com o reforço da FB-30, a travessia São Sebastião/Ilhabela passa a operar com seis embarcações. A FB-20, em processo de manutenção preventiva, tem previsão de retorno na primeira semana de setembro, completando a frota de sete embarcações para a operação no feriado prolongado de 7 de setembro.

Outra novidade no processo de remodelação é que a FB-30 volta a operar com mais um abrigo para pedestres e deve atender  100% dos usuários a bordo da embarcação, em cumprimento às novas normas da Autoridade Marítima.

Modernização 

Desde o início do ano passado, a Companhia entregou 17 embarcações totalmente remodeladas, com recursos de R$ 40,4 milhões. Destas, quatro operam atualmente na travessia São Sebastião/Ilhabela: FB-Valda II, FB-14, FB-25 e FB-30.

O Programa de Modernização das Travessias Litorâneas, iniciado em 2011, já investiu R$ 309 milhões nos oito serviços administrados pela Dersa, o que resultou em aumento de 30% na capacidade operacional de todo o sistema. Em 2017, os investimentos chegarão a R$ 20,7 milhões na reforma e modernização de sete ferryboats. 

Infraestrutura

No primeiro semestre deste ano, a Dersa renovou o sistema de embarque e desembarque em ambas as margens da travessia São Sebastião/Ilhabela. Com investimento de R$ 1,4 milhão do Governo do Estado, foram construídas novas pontes e passarelas para embarque e desembarque de veículos e pedestres.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário