Projeto de reforma da Prefeitura segue para Câmara de São Sebastião

O documento trata da extinção e criação de novas secretarias e prevê reserva de 15% dos cargos em comissão aos servidores públicos


O projeto que altera diversas diretrizes na estrutura administrativa da Prefeitura de São Sebastião foi apresentado aos vereadores, na última segunda-feira (3), e deve ser votado nas próximas semana. Entre outros itens, a reforma trata da extinção e criação de novas secretarias municipais e prevê a reserva de 15% dos cargos em comissão aos servidores de carreira.

Dentre as mudanças, está a criação da Secretaria de Planejamento, Secretaria de Urbanismo e da Secretaria de Políticas da Pessoa com Deficiência e do Idoso. Já a Secretaria de Cultura e Turismo deve ser desmembrada, passando as ações culturais à Fundação Deodato Santana. Em geral, todas as demais secretarias terão mudanças no organograma, com novos departamentos e divisões. É o caso, por exemplo, da Saúde, que passará a ter um departamento específico de Odontologia, visando, inclusive, atendimento de urgência nas unidades.

A Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Humano (Setradh) passa a se denominar Secretaria de Desenvolvimento Social e a Secretaria das Administrações Regionais (Seadre) passa a se denominar Secretaria de Serviços Públicos. Dentro desta nova secretaria ficam criadas as regionais dos bairros da Topolândia, Maresias, Juquehy, Boracéia e a Divisão Operacional de Resíduos Sólidos.

Na Secretaria de Educação devem ser criados o Departamento de Ensino Profissionalizante, a Divisão de Formação Profissional, e a Divisão de Projetos Educacionais na pasta de Esportes entram o Departamento de Eventos Esportivos, e as divisões de Eventos Projetos e Marketing. 

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário