Fábrica clandestina de palmito é encontrada e dois são presos e multados em R$ 90 mil

A Polícia Ambiental apreendeu 70kg de palmito Juçara embalado e 80 unidades "in natura", em Caraguatatuba
O palmito Juçara era retirado do Parque Estadual (Foto: Divulgação)

Uma fábrica clandestina de palmito foi encontrada no bairro Rio Claro, em Caraguatatuba, na tarde desta sexta-feira (31). No local, dois homens foram presos em flagrante por crime ambiental e crime contra a saúde pública. Eles foram, ainda, autuados em R$ 45 mil cada um.
Parte dos produtos já estava embalada para venda (Foto: Divulgação)

Os policiais encontraram 70kg de palmito "in vitro" e 80 unidades de palmito "in natura", além de petrechos para manuseio do produto. Segundo a Polícia Ambiental, o produto florestal era extraído da palmeira Juçara, no interior do Parque Estadual da Serra do Mar, era beneficiado de forma irregular e sem as condições sanitárias exigidas por lei.

Na mesma operação, os policiais também encontraram, em um imóvel próximo, um revólver calibre 38 com numeração raspada e mais 15 munições intactas. Outros dois homens foram presos no local por porte ilegal de arma de fogo e estão à disposição da justiça.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário