Marquinhos adota Caraguatatuba como segunda casa e busca mais um título com a Seleção Brasileira

Zagueiro de 26 anos quer desbancar favoritismo da Argentina na Copa América

0
642
Marquinhos
Jogador do Paris Saint-German comprou mansão de R$ 4 milhões em Caraguá (Foto: Divulgação)
- Publicidade -

O zagueiro Marquinhos está jogando no futebol europeu desde 2012, quando trocou o Corinthians pela equipe do Roma. Entretanto, com família e casa em Caraguatatuba, ele nunca escondeu o carinho pela região. Nascido na capital paulista, o jogador foi adotado pela cidade no Litoral Norte e, em 2021, quer trazer alegria para os torcedores vestindo a camisa da Seleção Brasileira.

- Publicidade -

O próximo objetivo de Marquinhos é conseguir desbancar o favoritismo da Argentina na Copa América e levantar a taça pela segunda vez na carreira. Nas projeções para se apostar na Copa América 2021, a Argentina, o Brasil e a Colômbia surgem com as melhores cotações para o título no modo exchange. Diferentemente das apostas tradicionais, nessa categoria quem define as cotações são os próprios apostadores.

No dia 3 de abril, a seleção da Argentina aparecia como a principal escolha entre os torcedores, com 37% de probabilidade de ficar com a taça. A Seleção Brasileira aparecia logo atrás, com 34,5%, ainda à frente da Colômbia, que tinha 21,3% nas cotações do torneio sul-americano. Essas projeções indicam que a tarefa de Marquinhos não será nada fácil, mas não vai faltar apoio dos torcedores paulistas.

Marquinhos em Caraguá

Após comprar uma mansão de R$ 4 milhões em Caraguatatuba, por conta da família da esposa, o zagueiro do Paris Saint-Germain ficou conhecido na região. Os moradores da cidade começaram a acompanhar a carreira do craque e vibraram bastante no título conquistado pela Seleção Brasileira em 2019.

Apesar de não ter nascido no Litoral Norte, a proximidade de Marquinhos com o pai da esposa fez com que o laço do jogador com a região crescesse. Em 2018, por exemplo, durante a Copa do Mundo na Rússia, o zagueiro levou o sogro para acompanhá-lo nas partidas. Na disputa da Copa América deste ano, que começa em junho, o zagueiro de 26 anos vai levar consigo o apoio de todos os moradores da região.

 

Edição com duas sedes

Assim como aconteceu em 2019, quando o Brasil jogou em casa, Argentina e Colômbia vão poder disputar a competição mais perto dos próprios torcedores neste ano. A 47ª edição da Copa América, que está agendada para começar no dia 10 de junho, será disputada nos dois países. Enquanto as equipes do grupo Zona Norte jogam em território colombiano, os que estão na chave Zona Sul vão entrar em campo nos estádios argentinos.

Entre os principais favoritos das apostas, apenas a Argentina está no grupo Zona Sul. O time de Lionel Messi vai encarar Bolívia, Uruguai, Chile e Paraguai na disputa pelas quatro vagas para a fase final. Na chave Zona Norte, Brasil e Colômbia vão enfrentar um grupo que, teoricamente, será mais fácil. Venezuela, Equador e Peru são os adversários na disputa pelas vagas nas quartas de final.

Com início marcado para junho, a Copa América deste ano promete trazer muitas emoções e desafios para Marquinhos. O jogador é um dos dez paulistas que costumam ser lembrados por Tite, mas um dos poucos com alguma ligação direta com o Litoral Norte. Por isso, o torcedor de Caraguatatuba pode adotar o zagueiro como representante oficial e sonhar com o segundo título dele vestindo a camisa da Seleção Brasileira.

- Publicidade -

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui