Cavendish, famoso pirata de Ilhabela, vira nome em rótulo de rum

Com notas aromáticas de baunilha, banana e cana, bebida faz referência ao corsário inglês que teria enterrado tesouro da Corte Portuguesa na região

0
173
cavendish
Cavendish Rum é produzido por família proprietária de alambique no LN (Foto: Divulgação)
- Publicidade -

O temido pirata inglês Thomas Cavendish, que circulou pelas praias de Ilhabela no século XVI e teria enterrado um tesouro milionário na região, virou rótulo de rum. O Cavendish Rum foi desenvolvido por Joseph Van Sebroeck, de família proprietária de alambique na região, e tem notas aromáticas de baunilha, banana e cana.

- Publicidade -

Apelidado de “corsário elegante” pela aristocracia européia, o pirata Cavendish foi o terceiro homem a circunavegar o mundo e atracou no arquipélago em 1586, quando as terras estavam sob domínio da Corte Portuguesa. De lá, ordenou ataques à Vila de Santos e usou a região como base por cinco anos. Em uma época que a ilha era rota de traficantes de escravos e de corsários, ele teria sido morto em um motim, aos 37 anos, após uma briga por um tesouro roubado.

Com o lançamento do produto, Van Sebroeck pretende enaltecer a cultura local de coquetelaria e também resgatar o patrimônio histórico da ilha. “Gosto muito de rum e sempre tive grande apreço pelas lendas de Cavendish. O momento é ideal para fortalecer a região e também oferecer um produto de qualidade, 100% nacional”, explica.

Cavendish é o segundo produto lançando pela Destilaria Dona Filó, que já possui uma cachaça branca homônima. Há planos para um terceiro rótulo, ainda em processo de produção. A garrafa custa R$ 55 e pode ser encontrada em bares na região e pelo e-commerce.

Cavendish Rum

O rum é uma bebida destilada prima-irmã da cachaça. Ambos são feitos da mesma matéria-prima – a cana-de-açúcar , mas o processo de produção é diferente. A cachaça é produzida (e protegida por lei) com o caldo fresco da cana (mais conhecido como garapa), enquanto o rum é feito com o caldo cozido, chamado de melaço. Os diferentes processos trazem percepções sensoriais diferentes ao paladar.

- Publicidade -

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui