Proprietário de restaurante agride agentes da Vigilância Sanitária

O estabelecimento foi interditado após clientes passarem mal em Juquehy

0
850
O estabelecimento tinha alimentos vencidos e sem condições de higiene (Fotos: PMSS/ Divulgação)

 

- Publicidade -

Após denúncias, a Vigilância Sanitária da Prefeitura de São Sebastião interditou um restaurante em Juquehy, na Costa Sul, por más condições de higiene e falta de licença. Durante a ação, o proprietário do estabelecimento ameaçou os fiscais verbalmente e os agrediu fisicamente. Ele acabou autuado por agressão e desacato pela Polícia Civil.

Localizado em uma travessa da Avenida Mãe Bernarda, o restaurante estava sem condições para exercer atividade, devido às péssimas condições de higiene, em sua cozinha e demais dependências, segundo a Vigilância. Foi constatado ainda que duas pessoas haviam passado mal no último feriado, após comerem no local. Foram inutilizados cerca de 60 kg de alimentos, sem condições de consumo, ou seja, risco à saúde.

Além de multado, o proprietário do estabelecimento comercial deve ser indiciado pela Polícia Civil, já que houve registro de boletim de ocorrência por ameaça, desacato a autoridade e agressão, após a polícia militar ser acionada e acompanhar a execução dos autos de interdição total do comércio. Foi aberto processo, por desacato e demais irregularidades, assim como o exame de corpo delito sobre a agressão à diretora da Vigilância Sanitária.

Denúncias podem ser feitas à Vigilância Sanitária de São Sebastião pelo telefone (12) 3891-3411, ou Ouvidoria Municipal no número 162.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui