Lutador de jiu-jitsu de Ilhabela é campeão na Califórnia

Thiago Gaia conquistou o título da American Cup para o Brasil

0
106
Thiago Gaia conquistou a medalha de ouro no último domingo (Foto: PMI/ Divulgação)

O lutador de Ilhabela, Thiago Gaia, mais uma vez levou as cores verde e amarelo para o pódio de competições de jiu-jitsu no exterior. Dessa vez, o lutador faixa preta do Studio Gaia, sagrou-se campeão da American Cup, competição realizada no último domingo (5), na Califórnia (EUA).

- Publicidade -

Na última semana, Gaia foi vice-campeão da San Jose Internacional Open no Gi (competição sem quimono), realizada pela IBJJF (International Brazilian Jiu-Jitsu Federation).

Feliz com o título, Gaia relatou que foi uma experiência nova para ele, já que o lutador disputou a American Cup na categoria Pena, uma divisão de peso abaixo do que costuma competir. “Foi uma experiência nova para mim, eu me testei pela primeira vez na categoria Pena e deu tudo certo. Lutei contra o americano Shane Torres e venci por estrangulamento das costas”, contou.

Conhecido em Ilhabela pelos bons resultados em competições e por ser um grande incentivador da modalidade no município, o atleta relembra com emoção sua trajetória e falou de projetos. “Eu saí da ilha com 15 anos de idade buscando evoluir como atleta marcial, mas nunca perdi os vínculos com a ilha, minha família sempre esteve aqui. Sempre que vinha para Ilhabela, treinava com meus amigos e passava um pouco do que aprendia. Foi há pouco tempo que surgiu a oportunidade de fazer isso com mais efetividade, fechei uma parceria com meu amigo Bruno Fornoni e abrimos o Studio, onde o Bruno e o Gui Coutinho são os professores”, comentou.

Mas os planos do atleta ilhéu vão além de títulos. Gaia fala do jiu-jitsu como ferramenta de desenvolvimento para as crianças. “A pessoa não tem ideia do quanto a arte marcial, quando bem ensinada, direciona a criança para o crescimento pessoal, as afasta de más influências. No momento, o Gui está dando aula no Esporte Clube, no projeto social ‘Somos Todos Ilhabela’, que é direcionado para pessoas com depressão e dependentes químicos. O Bruno também dá aulas para adultos e crianças. O esporte na cidade está em um bom momento, então o próximo passo será um projeto social direcionado para as crianças”, destacou.

Uma das grandes incentivadoras do atleta é sua mãe, Delana de Oliveira, que fala com emoção sobre o orgulho que sente do filho. “Estamos todos muito felizes. Desde pequeno ele foi muito centrado no que fazia. Eu o coloquei, assim como os irmãos dele, muito cedo em vários esportes e ele se encontrou no judô. Com o passar do tempo, encontrou-se no jiu-jitsu e no MMA. Eu me lembro quando ele sentou para conversar comigo para me contar que iria entrar no MMA, minhas pernas tremeram e o coração apertou, coisa de mãe mesmo. E hoje, ver ele assim, representando nossa cidade, o País, é gratificante. Me orgulho da forma como ele sempre fala para seus alunos e companheiros de luta, a ter humildade, fé e para sempre acreditarem na capacidade. Ele sempre diz que aprende com seus oponentes e os respeita”, falou a mãe.

Thiago Gaia recebe o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui