Saco do Eustáquio sofre com corrente marítima de lixo

No total, a ação o recolheu 256kg de lixo do mar de Ilhabela no final de semana

0
203
Geografia do local permite chegada de lixo de toda parte (Foto: OPL/ Divulgação)
- Publicidade -

Um lugar de águas claras, tranqüilo, com bastante verde em volta e uma grande quantidade de lixo no mar. É assim que tem sido a paisagem do Saco do Eustáquio, ao norte de Ilhabela, nos últimos tempos. A equipe da Ação Lixo Marinho retirou 180 kg de lixo do local no último domingo (31), entre isopor, garrafas pet, chinelos, plásticos, embalagens de óleo, latas, tralha de pesca, entre outros resíduos, que chegam até o local e ficam acumulados devido sua geografia.

No total, a ação o recolheu 256kg de lixo do mar de Ilhabela no final de semana. No final do trabalho, a equipe realiza a triagem do lixo, separando os resíduos e pesando. Após isso, tudo que foi recolhido é encaminhado ao Aterro Municipal de Ilhabela.

- Publicidade -

O proprietário de um restaurante na costeira do Eustáquio, José Luiz Oliveira, conta que o turismo acaba afetado pela situação. “Nós fazemos a limpeza da praia, até retiramos lixo que esta no mar. Juntamos tudo e uma vez por semana levamos para a cidade para fazer o descarte. Mas a quantidade de lixo que vem do mar é muito grande, e acaba acumulando aqui. Tem barco que para, vê isso e resolve não ficar aqui, vai embora”.

“É um lugar muito bonito, e quando nos deparamos com a quantidade de lixo chega a ser impactante. Esse lixo vem de todo lugar, por isso a importância de conscientizar as pessoas sobre o descarte correto”, destaca o diretor da Operação Praia Limpa, Rogério Vieira Lima Muniz.

Pescadores

Com o decorrer das ações do proejto, foi constatada também a importância de intensifica a abordagem com os pescadores, já que grande quantidade de objetos de pesca tem sido encontrada no mar. Só no último final de semana, 47% do lixo retirado do mar pela equipe foi de tralha de pesca.

Redes, linhas, anzóis, cabos, armações de pesca, são alguns dos materiais encontrados. “Esses resíduos, quando descartados ou perdidos em grande quantidade no mar, se tornam uma grande ameaça à vida marinha. Eles ferem, mutilam e chegam a matar centenas de baleias, focas, tartarugas e aves”, lembra a bióloga marinha, Roberta Gomes.

No sábado (30) a a ação ocorreu no lado norte da Ilha, recolhendo lixo de superfície na Praia da Armação, e depois, fazendo a limpeza da Costeira da Praia da Fome. De tarde, a costeira do Curral até o Bexiga foi o local onde a equipe fez a limpeza. Também foi feita a entrega de ecobags e abordagem nas embarcações para conscientização dos ocupantes.

A ação Lixo Marinho realizada pela empresa Operação Praia Limpa é contratada pela Prefeitura Municipal de Ilhabela, através da Secretaria de Meio Ambiente, e recebe o apoio institucional das empresas Concessionária Chevrolet Veibrás, Macboot, Rádio Ilhabela FM, ABLM, Instituto Supereco e KL Ambiental – Engenharia e Consultoria.

Para conhecer mais sobre o Projeto Operação Praia Limpa, visite o facebook: https://pt-br.facebook.com/operacaopraialimpa/

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui