Polícia Federal prende quadrilha que clonava cartões em Caraguatatuba

Operação Easy Card foi deflagrada na manhã desta quinta-feira e 4 acabaram presos

0
1098
Presos são conduzidos à sede da PF em São Sebastião (Foto: Divulgação)

Uma quadrilha suspeita de estelionato que agia nos bairros Camaroeiro e Ipiranguinha, em Caraguatatuba, foi detida na manhã desta quinta-feira (4) por agentes da Polícia Federal (PF) durante a Operação Easy Card. O grupo é acusado de clonagens de cartões bancários que eram enviados pelos Correios.

- Publicidade -

Foram quatro pessoas presas em cumprimento de mandados de prisões preventiva e temporárias. E.S.P., de 66 anos, A.F.S., de 36, L.A.S, 33 anos, e A.F.S.R., de 29. Dois ficaram detidos e dois foram liberados após prestarem depoimentos. Também foram cumpridos seis mandados de buscas e apreensões. A Polícia Militar auxiliou nas ações. Os acusados foram encaminhados para a sede da PF em São Sebastião.

Segundo informações da PF, as investigações tiveram início após denúncia dos Correios, que indicaram os crimes de corrupção ativa, de estelionato contra as instituições financeiras, (os integrantes do grupo receberam inúmeros cartões bancários em nome de pessoas diversas), associação criminosa e falsa identidade (o grupo usava a identidade de clientes dos bancos, entre outros crimes a serem apurados.

Ainda de acordo com a PF, as diligências são importantes para localização de documentos relacionados com as fraudes bancárias perpetradas pelo grupo, “notadamente cartões bancários em nome de terceiras pessoas, comprovantes de compras e gastos diversos com cartões bancários, relações de nomes e contatos que sejam empregados de instituições bancárias ou de fabricantes de cartões, falsificações de documentos de identificações pessoais, máquinas para facilitar tais práticas e outros”.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui