Litoral Norte registra pelo menos 117 afogamentos no Carnaval

Três pessoas de uma mesma família estão entre as vítimas registradas em Maresias

0
321
Foram 87 salvamentos apenas em São Sebastião (Foto: GBMar/ Divulgação)

O Litoral Norte registrou pelo menos 117 casos de afogamentos no feriado de Carnaval 2019. Em Caraguatatuba foram 5 salvamentos, um a mais que em 2018, sem registros de óbitos. Na cidadade de Ubatuba houve 24 casos, dois a mais que no mesmo período do ano passado, também sem óbitos. Já em São Sebastião foram 87 salvamentos no mar, mais que o dobro dos anos anteriores. Três pessoas de uma mesma família estão entre as vítimas.

- Publicidade -

O caso triplo aconteceu na praia de Maresias, região sul de São Sebastião, onde o guarda vidas colocou uma placa sinalizando perigo, segundo o comandante da GBMar, Capitão João Batista Rapaci, porém a família composta por pai, mãe e filho, entrou no mar bem na corrente de retorno e acabaram se afogando.

O guarda vidas acionou imediatamente o apoio e conseguiu salvar uma pessoa da família, retirando-a do mar. As outras duas foram resgatadas pelo jet ski da GBMar. Uma das vítimas, a mulher de 30 anos, chegou à areia desacordada e em parada respiratória. A unidade de resgate e salvamento aquático foi solicitada e os procedimentos de ressuscitação aplicados no local. A vítima voltou a respirar e foi levada ao Pronto Socorro de Boiçucanga e passa bem.

“Em uma situação como essa, cada minuto é essencial, a começar com a rapidez de raciocínio do guarda vidas”, diz o capitão.

Ondas

O comandante Rapaci explica que a influência de uma ondulação resultou em ondas e isso impactou diretamente no número de vítimas salvas. “Em todos os dias do Carnaval observamos a presença de ondas fortes na região sul de São Sebastião, de Guaecá até Juquehy”.

O capitão informou ainda que as ondas fortalecem as correntezas e correntes de retorno, provocando ondulações de meio a um metro. Nesse caso, a tendência do público é acabar abusando um pouco mais e contribuindo para um número muito maior de afogamentos e resgates. “Quando o mar está com ondas de mais de um metro, as pessoas costumam tomar mais cuidado”, conclui.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui