- Publicidade -
Imunizar os animais é importante para a saúde de todos (Foto: Divulgação)

A vacinação de animais domésticos constitui-se, desde muito tempo, como uma ferramenta imprescindível a manutenção da boa qualidade da saúde dos mesmos, assim como preservação da saúde pública em inúmeras situações. Neste artigo, pretendo abordar de forma simples, a vacinação de caninos e felinos domésticos.

Para ambas espécies, existem opções variadas de esquemas vacinais, que dependerão fundamentalmente do critério do(a) Médico(a) Veterinário (a) à frente do caso. Apesar dessa variação de esquemas, os tutores precisam saber que os profissionais envolvidos buscam aprimorar seus conhecimentos sempre no sentido de promover imunização eficiente de seus pets.

- Publicidade -

A observância de datas corretas nas aplicações das vacinas, aliadas a uma escolha por produtos de qualidade e eficácia comprovada, são fundamentais no sentido de preservar a segurança do esquema. Filhotes, tanto caninos como felinos, são submetidos a um esquema de doses de reforço, com prazos determinados e que não devem ser ultrapassados, sob pena de não se atingir o objetivo que se pretende, ou seja, preservar a saúde de nossos peludos.

Animais adultos devem receber doses de reforço nas datas pré-estabelecidas pelo(a) Médico(a) Veterinário(a) responsável. Estes reforços são mantidos anualmente, mesmo que estes pacientes não frequentem a rua. Isto porque algumas das doenças em questão podem ser transmitidas de uma forma indireta não necessitando que haja contato com animais doentes ou infectados.

Cabe salientar que a aplicação de vacinas e medicamentos é uma prerrogativa de Médicos (as) Veterinários(as), pois somente este profissional está habilitado a fazer uma correta e criteriosa avaliação do paciente antes da aplicação. Isto porque, não se recomenda em hipótese alguma, vacinar animais que estejam doentes ou com a possibilidade de estarem infectados.

As consequências podem ser muito ruins para o paciente, caso não se observe este critério e é o que pode acontecer quando pessoas não habilitadas se dispõem a fazer tais aplicações.

Outro detalhe não menos importante, passa pela qualidade do produto a ser aplicado, que certamente apresenta variações. Para resolver isso, basta que o(a) tutor (a), eleja um(a) profissional experiente e que lhe inspire confiança quanto aos procedimentos que pretende fazer. Por isso, quando for a uma consulta veterinária procure explorar os conhecimentos do (a) profissional que está lhe atendendo. Isso pode lhe dar a confiança necessária para seguir as orientações.

Lembre-se que você pode até economizar numa marca de ração mais acessível, ou um xampu, ou acessório mais baratos, mas um bom esquema de vacinação garante tranquilidade naquilo que mais prezamos para nossos pets, que é gozarem de uma saúde plena, evitando transtornos causados por eventuais doenças.

Vacinas de qualidade aplicadas por Médicos(as) Veterinários(as) de sua confiança, são garantia de quase 100% de que seu pet estará sempre imunizado e portanto protegido.

Espero ter colaborado com estas dicas. Um grande abraço e até a próxima.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui