Índios de Ubatuba fecham rodovia em protesto contra Ministério da Saúde

Ocorreram manifestações em todo o Brasil contra a proposta do governo federal de extinguir Secretaria Especial de Saúde Indígena

0
623
Os prtotestos aconteceram em todo o Brasil (Foto: Divulgação)
- Publicidade -

Um grupo de aproximadamente 150 índios da aldeia Prumirim, em Ubatuba, fechou a rodovia Governador Mario Covas (BR-101) por cerca de três horas, nesta quarta-feira (27). Com faixas e músicas tribais, os índios protestaram contra a proposta do Ministério da Saúde de extinguir a Secretaria Especial de Saúde Indígena e municipalizar os serviços.

A manifestação ocorreu na altura do Km 28 e, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal  causou congestionamento de mais de 3 Km nos dois sentidos durante toda a tarde na região norte de Ubatuba. Houve manifestações contra o fim da pasta em diversas regiões do Brasil.

- Publicidade -

Por nota, o governo federal informou que eventuais mudanças ainda estão em estudo. “É importante deixar claro que não existe, no momento, Medida Provisória do Governo Federal que modifica a política indigenista do país e municipaliza os serviços de saúde de indígenas. Cabe ressaltar que não haverá descontinuidade das ações. Para isso, o Ministério tem se pautado pela garantia da continuidade das ações básicas de saúde, a melhoria dos processos de trabalho para aprimorar o atendimento diferenciado à população indígena, sempre considerando as complexidades culturais e epidemiológicas, a organização territorial e social, bem como as práticas tradicionais e medicinais alternativas a medicina ocidental”.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui