Atletas nadam da Rua da Praia até a Ilha de Alcatrazes neste sábado (2)

Percurso de 3.8 Km terá participação de 60 nadadores de todo o Brasil

0
208
Prova acontece a paritr das 7h deste sábado (2) (Foto: Divulgação)

Cerca de 60 atletas vindos de vários estados brasileiros se preparam para um grande desafio de natação, neste sábado (2). Os nadadores vão partir do píer flutuante da Rua da Praia, em São Sebastião, rumo ao refúgio de Alcatrazes, um percurso de 3.8 Km. A partida está prevista para as 7h.

Os atletas participantes da Swim 3.8K Alcatrazes foram selecionados através de seus resultados em provas realizadas em 2018 no Aloha Spirit Festival. O evento vai contar com distância de três quilômetros e 800 metros.

Segundo a organização, para minimizar os impactos da prova, as embarcações autorizadas passaram por adequações para retenção de resíduos, minimização de ruídos e limitação de velocidade de navegação visando o mínimo de perturbação aos animais do arquipélago, além de atendimento as normas de segurança da Marinha do Brasil.

A competição é produzida pela agência Ecooutdoor Sports Business com apoio da Prefeitura de São sebastião através da secretaria de Esportes.

Ilha é chamada de “Galápagos do Brasil” (Foto: Kelen Leite/ ICMBio)

Alcatrazes

O arquipélago de Alcatrazes impressiona por sua beleza natural. É um dos maiores refúgios da biodiversidade marinha do Brasil e abriga mais de 1.300 espécies de flora e fauna, sendo que pelo menos 93 delas estão sob alguma ameaça de extinção. É conhecido por abrigar espécies únicas de répteis e anfíbios, que não podem ser vistos em mais nenhum lugar do planeta, e chega a ser chamado de “Galápagos do Brasil” por alguns pesquisadores.

A ilha oceânica com maior concentração de espécies endêmicas do país, Alcatrazes foi base da Marinha para treinos de tiros desde a década de 1980. Ambientalistas revidaram a partir de 1989 com pesquisas científicas e conseguiram suspender os bombardeios e tranformar o local em unidade de preservação. Hoje, o arquipélago é aberto a visitas monitoradas sob a supervisão do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do governo federal.

É a única área marinha de proteção integral do Litoral Norte e exerce um papel fundamental em relação a pesca, pois abriga uma das maiores quantidades de espécies de peixes da costa brasileira e é responsável pela reposição dos estoques pesqueiros da região.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui