Ubatuba inicia 2019 com novos chefes na Fazenda e Obras

Os antigos secretários teriam deixado os cargos por motivos pessoais

0
148
Administrados e engenheiro assumem os cargos (Foto: PMU/ Divulgação)

A Prefeitura Municipal de Ubatuba inicia o ano de 2019 com mudanças no comando nas secretarias de Fazenda e Obras Públicas. Ralph Solera assume a primeira pasta, enquanto o engenheiro João Bosco Romeiro inicia sua empreitada à frente da segunda.

- Publicidade -

De acordo com a administração, Solange Toledo e Honório Ananíades Filho deixam suas funções por motivos pessoais.

No lugar de Solera, Lucia Helena dos Santos Souza, funcionária efetiva, assume o cargo de Controlador Geral do Município.

Trajetórias

Ralph Luiz de Carvalho Solera Soares é técnico e bacharel em Administração pela ETEC Ubatuba e pela Universidade de Taubaté, respectivamente. É pós-graduado (MBA) em Administração Pública e Gerência de Cidades pelo Centro Universitário Internacional de Curitiba. Possui especializações em fiscalização tributária, auditoria e controle interno pelo Instituto Brasileiro de Administração Pública, pelo Instituto de Estudos Municipais e pela Escola Paulista de Contas Públicas do Tribunal de Contas. Tem 15 anos de serviço público (Fundart e Prefeitura) sempre como servidor concursado.

Seu cargo de origem na Prefeitura é o de auditor fiscal de tributos, o qual tomou posse em dezembro de 2007. Em Janeiro de 2012, foi nomeado Chefe da Seção de Controle de Pagamentos; Em Janeiro de 2013, foi promovido a Diretor de Receita Tributária; em Janeiro de 2014, foi nomeado Controlador Geral do Município, cargo que ocupou até Dezembro de 2018. Como Diretor de Receita, implantou um projeto de combate à sonegação de ISSQN e ITBI reconhecido pela Confederação Nacional dos Municípios por sua eficiência. Como Controlador Geral, teve seu trabalho classificado como “referência” pelo próprio Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

João Bosco Nunes Romeiro é ngenheiro Civil especialista em engenharia ecológica e engenharia sanitária industrial. Foi professor da Escola de Engenharia de Lorena (USP). Atuou como presidente da Associação Brasileira de Engenheiros Civis e Diretor Financeiro da Mutua (Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea).

Já trabalhou como Engenheiro Sanitarista da Secretaria do estado de São Paulo, como presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano  – Emdurb Ubatuba; foi diretor técnico nacional da Fundação Jorge Duprat e Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego; Coordenador Nacional do Comitê permanente Nacional de Construção Civil, Superintendente de Obras Viárias da secretaria de Vias Públicas da Prefeitura de São Paulo; Coordenador do Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo; Conselheiro da Cetesb e da Faeasp. Ocupou diversos cargos no Crea/SP, dentre eles conselheiro, coordenador da CEEC, Coodenador da CER, diretor técnico, vice-presidente e presidente interino.

No âmbito político, foi vereador e vice-prefeito do município de Lorena.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui