‘Estátua Viva’ maltrata cachorro em Caraguatatuba e é denunciada por populares

Animal não tinha comida e água, estava abatido e com sarna

0
91
Animal foi resgatado no sábado (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)

O artista de rua J.A.O., 38 anos, que se apresenta como estátua viva, foi flagrando infringindo maus-tratos a um cachorro que participava de suas apresentações. Ele foi denunciado à polícia por várias pessoas inconformadas com o estado do animal.

O caso foi registrado neste sábado (5), na Praça Diógenes Ribeiro de Lima, no Centro de Caraguatatuba. As testemunhas contaram que o cachorro não era alimentado, não tinha água e ainda era enforcado nas apresentações para permanecer quieto ao ponto de desmaiar.

Uma equipe da Polícia Ambiental esteve no local e constatou as péssimas condições do cachorro, que não tem raça definida. “Ele não tinha comida e água e aparentava estar abatido e com sarnas”, explicou o tenente Anderson Pelegrine, comandante da Polícia Ambiental no Litoral Norte.

Ele foi multado em R$ 3 mil com base no artigo 29 da Resolução 48/2014 da Secretaria do Meio Ambiente que trata da prática de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. Por se tratar de crime de menor potencial ofensivo, vai responder em liberdade.

O cachorro deve ser levado para o Centro de Controle de Zoonoses de Caraguatatuba.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui