Dono de boate atira contra casa concorrente e acerta funcionária

Suspeito estava com mulher e duas crianças quando alvejou o local de dentro do carro

0
86
A vítima segue internada no hospital Stella Maris (Foto: Arquivo pessoal)

Por Fernanda Veiga

O proprietário da boate Amanhecer, no Alto Getuba, região norte de Caraguatatuba, foi preso em flagrante por tentativa de homicídio no final da noite desse domingo (21). A.E., de 37 anos, teria alvejado uma casa noturna concorrente e acertado uma das funcionárias do local. A jovem, de 22 anos, foi socorrida pelo Samu e deve passar por cirurgia na perna direita, que teve o osso perfurado pela bala.

Segundo boletim de ocorrência, o suspeito passou atirando de dentro de um veículo EcoSport vermelho. O alvo foi uma boate localizada na Avenida José Herculano, no bairro Travessão, região sul da cidade. No momento do crime, o suspeito estava com mulher e duas crianças dentro do carro.

Ainda segundo o B.O., o dono da boate teria tentado fugir do local do crime ao notar a aproximação da polícia. A mulher que estava no banco do passageiro teria jogado algo na rua, na tentativa de livrar-se. Dois quilômetros à frente foram abordados e encontradas duas munições de revólver calibre 38 deflagradas dentro do carro. O revólver da marca Rossi não foi encontrado.

Os policiais militares que participaram da ocorrência não sabem informar qual teria sido a motivação do crime, mas os envolvidos seriam fortes concorrentes no mercado. Todos foram encaminhados à Delegacia de Polícia e A.E. segue preso à disposição da Justiça.

A vítima

Em entrevista exclusiva ao Jornal Nova Imprensa, A.S.S., que segue internada na Casa de Saúde Stella Maris informou que a noite seguia tranquilamente quando foram ouvidos barulhos de tiros.

“De começo nem sabia que eram tiros, fiquei parada. Quando percebi e fui correr, fui atingida”, conta a jovem. “Quem atirou, tinha a intenção de acertar alguém e por falta de sorte estava bem na hora. Ele passou pela frente da casa atirando, foram muitos tiros. Me informaram que o homem estava alcoolizado, que estaria bebendo desde a tarde na praia. Mas não sei o que o motivou a fazer isso”, desabafa.

O que achou? Comente usando o Facebook

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui