Agiota vai cobrar dívida e acaba assassinado em Ubatuba

O suspeito foi preso a menos de 6 km do local do crime pela Polícia Rodoviária

0
643
Prisão foi feita pela PRE nesta quarta-feira (Foto: PRE/ Divulgação)

Por Fernanda Veiga

- Publicidade -

Um homem suspeito de matar o agiota para quem devia uma quantia de dinheiro foi preso pela Polícia Rodoviária Estadual, na noite dessa quarta-feira (30). D.D.R, de 31 anos, foi pego a menos de seis quilômetros do local do crime, no bairro Maranduba, em Ubatuba.

A vítima, um homem de 43 anos reconhecido como J.A.G.F., era morador de Caraguatatuba e foi morto com dois tiros na noite anterior, terça-feira (29). Segundo o delegado responsável pelo caso, Dr. Múcio de Alvarenga, os policiais encontraram uma nota promissória em nome do acusado no bolso da vítima. Em seus pertences também foi localizada uma bolsa com várias outras notas de empréstimos.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o próprio filho da vítima teria confirmado que o pai era agiota e tinha ido ao local do crime cobrar a dívida do suspeito. J.A.G.F. era casado e morador do bairro Capricórnio 2, na cidade vizinha.

O homicídio ocorreu na Rodovia Manoel Hyppolito do Rego (SP-055), no quilômetro 81.6. A partir de então o policiamento rodoviário começou a realizar uma série de diligências a fim de ajudar a elucidar o caso.

O suspeito foi abordado e preso na mesma rodovia do crime, na altura do quilômetro 75,5. Ele foi conduzido a delegacia de Ubatuba, onde permanece à disposição da justiça.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui