Morador do Pegorelli, em Caraguá, desaparece e deixa família aflita

Ubiratan tem 34 anos e teria deixado objetos pessoais para trás e seu cachorro

0
105
Ubiratan desapareceu antes do Natal (Foto: Arquivo Pessoal)

Por Fernanda Veiga

A família de Ubiratan Pereira da Silva, 34 anos, o procura há quatro semanas quando ele saiu da casa onde morava e não foi mais visto o teria dado notícias. Ele morava sozinho em uma casa alugada na Avenida dos Pássaros, no bairro Pegorelli, região sul de Caraguatatuba.

Sua irmã Priscila Iara conta que ele não usa drogas, nem tem vícios. “Tem coração de criança, uma pessoa boa”. Segundo ela, sua mãe foi visita-lo no último dia 23 e ao chegar ao imóvel se deparou com outra família morando no local.

O dono da casa teria informado que seu irmão havia saído um dia e deixado tudo para trás, inclusive seu cachorro de estimação. Ele não teria pago o aluguel do mês, algo que nunca tinha feito antes.

“Ele hospedou um homem desconhecido em sua casa, não sabemos o que aconteceu para ele mudar seu comportamento, não honrar seus compromissos e desaparecer assim. Todas as coisas do meu irmão estavam na casa e ele não avisou ninguém”, explica Priscila, que desconfia que o irmão possa estar em depressão.

Ubiratan é paciente da Unidade de Atendimento de Moléstias Infecto-contagiosas (Uami) por ser portador do vírus HIV e toma medicação contínua, o que aumenta a preocupação da família quanto ao seu paradeiro.

A última notícia que receberam de Ubiratan é que estaria na Praça do Centro da cidade de Caraguatatuba, como andarilho, porém, bem arrumado e com uma sacola.

O boletim de ocorrência foi efetuado da Delegacia de Polícia e qualquer notícia pode ser dada pelo telefone 190 ou aos familiares no (12) 98250-7282.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui