Eduardo Bolsonaro prestigia evento de surf em Ubatuba

Filho do presidente eleito, Jair Bolsonaro, também é surfista
Eduardo Bolsonaro foi deputada mais votado da história (Foto: Fabio Maradei)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) visitou a praia de Itamambuca, em Ubatuba, para prestigiar o Wizard Brasileiro de Surfe. O filho do presidente eleito Jair Bolsonaro fez muitas selfies e aproveitou para surfar.

Ele foi convidado pelo amigo e conhecido surfista ubatubense Wiggolly Dantas, que conheceu quando foi surfar no Havaí. “Dividimos a mesma casa, do Fast Eddie, no North Shore e ficamos amigos. Ele corre atrás, faz o campeonato, incentiva o surf feminino e vim aqui conhecer essa iniciativa importante”, falou.

“Surfo desde os 12 anos. Comecei em Angra dos Reis, de férias, nas ondas de Mambucaba. Depois continuei com colegas de escola. Ia para Joatinga, Barra da Tijuca e nunca mais parei. Não é vício, é estilo de vida”, comentou o deputado surfista, que entrou para a história com a maior votação do País na Câmara Federal.

Para ele, o surf, tem de ser considerado como uma ótima ação social, para afastar os jovens das drogas, do crime. “Acho que já virou aquela página que o surfista era malvisto por algumas pessoas. Depois dessa geração do Medina, Guigui e Filipinho, já está mais do que virada. O que penso agora é firmar o surf como ação social, incentivar, mostrar que é um caminho para saída das drogas. É um esporte que está virando olímpico. Tem tudo para crescer”, argumentou.

“E é uma maneira de dar orgulho ao país”, acrescentou, lembrando os títulos mundiais de Gabriel Medina e Adriano de Souza. “Procuro apoiar”, falou o deputado que gosta de acompanhar os brasileiros no Circuito Mundial. “Na medida do possível vejo as notícias, quem está ganhando, sigo a maioria dos atletas do Brazilian Storm nas redes sociais. Às vezes consigo ver uma etapa ou outra ao vivo. É bem legal”, revelou o deputado que também foi homenageado durante a premiação do evento.

Campeãs

Neste ano, o Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino teve como grande nome a catarinense Tainá Hinckel. Com apenas 15 anos de idade, ela venceu as duas categorias principais do evento - profissional e pro júnior - em duas finais seguidas. Festejou o título brasileiro pro júnior da Abrasp e ainda garantiu a maior somatória, com 18,26 pontos, de 20 possíveis.

Quem também comemorou muito – e em casa – foi Camila Cássia, que repetiu o segundo lugar de 2017 e se tornou a nova campeã brasileira profissional. Outro nome que chamou a atenção foi a carioca Júlia Duarte, de 16 anos, que chegou a três finais – a sub16, a pro júnior (onde foi vice depois de liderar quase toda a bateria) e a profissional.

Três atletas festejam o bicampeonato – a carioca Maju Freitas, na sub16, a ubatubense Nairê Marquez, na sub14 (e que também levou na sub12) e a paranaense Thiara Mandelli, no longboard profissional e ainda ficou mais feliz ao ver sua filha, Luara, vencer entre as mais novas do evento, na sub10. Além das meninas, houve bateria especial, com homens, valendo a manobra mais radical, com o primeiro lugar de Emerson Santos, o Tikinho, com um aéreo.

O Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino teve os patrocínios da Wizard by Pearson, Perfect Waves, Uba Surf Motors, Atmosfera Incorporadora, Roxy e Hotel São Charbel. Apoios: Prefeitura Municipal de Ubatuba, Quiksilver, Padoca Itamambuca, EAB Imóveis, Escola de Surf Suelen Naraisa, Mini Kalzone, Adrenalina, Quiosque da Tia Albertina, Tape Brasil, Varejão Santa Rita, Marinho Grelhados e Sushi, Equiptecnica Produções, Gigi Watery, Mar Cenário Móveis e decoração, Silva Indaiá Supermercado. Colaboração: Tio Sam Restaurante e Pizzaria, Digital Brasil, Sergio Nery Fisioterapia e Fit Camp. Divulgação: Woohoo, FMA Notícias, Adventure Tv e C Nunes Productions. Gerenciamento técnico: Associação Ubatuba de Surf (AUS), Abrasp e Federação Paulista de Surf.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário