Residências são demolidas no Canto do Mar após decisão da Justiça

23 famílias foram retiradas de áreas consideradas de risco pelo Ministério Público
As casas demolidas eram invadidas pela água do mar (Foto: PMSS/ Divulgação)

A pedido do Ministério Público (MP), a Prefeitura de São Sebastião iniciou ações de demolição em residências localizadas em áreas consideradas de risco pelo Instituto Geológico (IG), no bairro do Canto do Mar, Costa Norte do município.

Segundo a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária (Sehab), o mar invade as casas há anos e, por meio do Programa de Regularização Fundiária, 23 casas de famílias que já foram realocadas, estão sendo demolidas.

Elza Pessoas dos Santos, 71, que se mudou no mês passado para o Conjunto Habitacional do Jaraguá, entregue pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) em setembro deste ano, está aliviada por ter um novo lar. ”Agora, estou feliz, espero ter sossego e conseguir dormir, pois eu não dormia, não comia. Era muito difícil, eu vivia preocupada com a água dentro da minha casa. Daqui pra frente é só alegria”, contou.

Para Vanir de Souza Nezes, 63, a medida também foi um alívio. “Fiquei mais de seis anos com a água do mar invadindo minha casa. Agora estou tranquila, porque lá já não tinha mais paz. Estava morando com um parente, enquanto esperava a casa aqui ser liberada, porque não tinha mais condições, era um desespero”, finalizou.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário