Jornalista de Caraguá promove workshop de Libras nos Estados Unidos

O evento começa nesta segunda-feira (15) na Gallaudet University, instituição exclusiva no atendimento ao surdo
Talita interpreta o presidente Michel Temer em Caraguá (Foto: Divulgação)

A jornalista e intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras), Talita Fernanda, embarca para os Estados Unidos para ministrar um workshop na Gallaudet University, instituição exclusiva no atendimento ao surdo. O evento acontece entre os dias 15 e 19 de outubro, na cidade de Washington.

Filha de Maria Amélia de Santana, primeira negra nordestina a formar-se em Odontologia pela USP de Bauru, a jornalista tem como o principal objetivo promover intercâmbio cultural entre os diferentes contextos dos universos dos surdos americanos e brasileiros. A intérprete ministrará uma semana de palestras sobre a realidade dos surdos no Brasil com suas conquistas, desafios e dificuldades, junto a aulas diárias Libras.

“Este projeto é fruto de um sonho, que eu alimento desde antes de cursar jornalismo. Tive o meu primeiro contato com a Libras em 2001, quando estudava vestibular e, desde então, o meu interesse pela língua só cresceu. Em minha monografia, estudei o contato do surdo com a Internet. Por isso, agora, poder estar em Gallaudet, única Universidade exclusiva para surdos no mundo e ter acesso a toda tecnologia daquele lugar - em um ambiente totalmente voltado à surdez, será, realmente, incrível”, avalia Talita.

O projeto tem como base promover aos alunos surdos de Gallaudet a oportunidade de ampliar e aprender sobre o vocabulário da Língua Brasileira de Sinais por meio da American Sign Language (ASL), língua de sinais oficial dos surdos americanos.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário