Caraguá faz alerta de riscos e Estado inicia Operação Tapa-Buracos na SP-55

Intervenções emergenciais acontecem no trecho entre trevo do supermercado Silva Indaiá até a divisa com São Sebastião
Operação deve durar cerca de 15 dias (Foto: Claudio Gomes/ PMC)

Após a cobrança feita pelo prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, ao Governo do Estado de São Paulo, o DER (Departamento de Estradas e Rodagem) iniciou intervenções emergenciais na Rodovia SP-55, no trecho que compreende o trevo do supermercado Silva Indaiá até a divisa com o município de São Sebastião. A Operação Tapa-Buracos (entre os km 102,3 e 112,6) deve durar cerca de 15 dias, dependendo das condições climáticas.

Na semana passada, Aguilar Junior entregou ao governador de São Paulo, Márcio França, um ofício cobrando ações e um relatório fotográfico minucioso mostrando as condições da rodovia e o risco iminente de acidentes.

Segundo a Secretaria de Transportes e Logística, a intervenção prevê a conservação e manutenção da pista, Operação Tapa-Buracos, bem como limpeza e roçada. Outros trechos serão beneficiados pelo contrato, como as Regiões Norte de Caraguatatuba e São Sebastião.

O prefeito de Caraguatatuba ressaltou ser importante a resposta rápida por parte do Estado. “Inicialmente farão uma Operação Tapa-Buracos, mas já solicitamos todo o recapeamento da rodovia que sofre constantes avarias pelo excesso de veículos, principalmente caminhões”.

De acordo com o contrato, estão previstos investimentos na ordem de R$ 1 milhão para ações no trecho que corta as cidades de Caraguatatuba e São Sebastião.

“O contrato abrange toda a região, por isso não há um valor de investimento especifico para trechos da rodovia, mas sim para toda a área da residência de conservação. Todas as rodovias do DER contam com este contrato de manutenção para que a boa trafegabilidade da malha viária seja mantida”, cita o Estado em nota.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário