Vacinação é prorrogada no LN e Estado e OMS alertam para Febre Amarela

Vacinas ainda podem ser recebidas nos postos de saúde da região
Imunização vai até o dia 14 de setembro (Foto: Divulgação)

A Campanha de Vacinação contra Pólio e Sarampo foi prorrogada para até o próximo dia 14 no Litoral Norte logo após a Força-Tarefa de sábado (1º) não ter atingido em sua totalidade seu público alvo. Por conta do Feriado da Independência  A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Secretaria de Saúde do Estado alertam para o risco de Febre Amarela na região.

A meta preconizada pela OMS para cobertura vacinal contra a pólio e o sarampo é de 95%. De acordo com a Secretaria de Saúde de Ilhabela, o número de vacinados atingiu 87%, por isso a necessidade de estender por mais alguns dias a campanha. 

A Vigilância em Saúde de Ubatuba informou que após a realização do último Dia “D”, no sábado, , a cobertura vacinal chegou a 91,64% contra a poliomielite e 90,66%, contra o sarampo.

Em São Sebastião, a cobertura contra essas doenças está em 90%.  Com a prorrogação até o dia 14, a Secretaria de Saúde está intensificando ações nas escolas em bairros em que a cobertura está mais baixa. A equipe de saúde vacina com a presença dos pais na entrada ou na saída das aulas.

Já o município de Caraguatatuba ultrapassou a meta de imunização no Dia D de Vacinação e agora reforça ações contra Febre Amarela para moradores. Essa é também uma preocupação da OMS e a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo que alertam para o risco de Febre Amarela no Litoral Norte.

Os turistas que pretendem visitar a região nos próximos feriados devem se vacinar antes de descer a serra. Importante destacar que a imunização tem um prazo de 10 dias para fazer efeito.

Segundo o Estado, o último registro de caso no Litoral Norte foi no Parque Serra do Mar, em Caraguatatuba, onde foram encontrados oito macacos mortos no início do mês de agosto.

São Sebastião está com o maior índice de cobertura vacinal de febre amarela da região, chegando a 93%. Durante todo este mês a Secretaria Municipal de Saúde intensifica a busca ativa de pessoas não vacinadas nas Unidades de Saúde.
  
Até o momento, o município tem três casos confirmados da doença em seres humanos, sendo, que dois evoluíram para óbito.

Para os moradores da cidade, a Administração Municipal reforça a importância de as pessoas que ainda não se vacinaram  procurem a Unidade de Saúde da Família de seu bairro para garantir a dose de imunização.


Importante destacar que não haverá vacinação durante o feriado. Para se vacinar é necessário apresentar um documento de identidade com foto (RG ou CNH, por exemplo) ou certidão de nascimento (no caso de crianças).

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário