Temporada deve ter lancha gratuita para travessia São Sebastião-Ilhabela

Informação foi dada por secretário após reunião com a Dersa
Lancha deve chegar na região para temporada (Foto: Divulgação)

A temporada de verão 2018/2019 pode contar com um serviço importante para os usuários do serviço de travessão São Sebastião-Ilhabela. A implantação de duas lanchas, gratuitas,  para o transporte de passageiros foi anunciada pela Dersa – Desenvolvimento Rodoviário S/A ao secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Ilhabela, Ricardo Fazzini, em reunião realizada no início deste mês. 

Serão duas embarcações, a LS2 e a LS4, com capacidade para 350 passageiros cada uma, com assentos individuais e ar condicionado, proporcionando mais conforto para o usuário. “As lanchas darão mais segurança e agilidade à travessia dos passageiros, afinal, elas não param por causa do vento com a mesma frequência que as balsas, e serão mais ágeis, porque levarão apenas oito minutos de um lado ao outro”, explicou Fazzini.

Ainda conforme ele, com o início da operação das lanchas, as balsas devem ganhar de 25% a 30% mais capacidade, voltando a operar, muitas vezes, com capacidade máxima, como no caso da FB25, que costuma trabalhar com 75 veículos, devido à travessia de pedestres, mas que passará a operar com a carga total de 100%.

A reunião de Fazzini foi com o secretário de Logística e Transporte do Estado, Mário Mondolfo, e com o CEO da Dersa, Eduardo de Gregório. O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, participou por meio de teleconferência.

Durante o encontro, foi acertado que na próxima temporada a Dersa trabalhará com sete balsas, sendo elas a FB-10, que será entregue ainda este mês, a FB-20, em reforma com previsão de entrega para dezembro, e ainda as balsas que já estão em operação, FB-25, com dois motores novos, a FB-30, que também terá motores novos, a Valda, a FB11, e FB29, com motores mecânicos, em vez de eletrônicos, e dois motores reserva, para casos de emergência.

Serão feitas, ainda, melhorias na infraestrutura de todas as balsas, como reforma nos banheiros, cobertura para dias de muita chuva e muito sol, dando mais conforto aos passageiros e estação para bicicletas. 

Está prevista a construção de um estacionamento em São Sebastião para visitantes e turistas que optarem por deixar seus veículos na cidade e atravessar para Ilhabela utilizando a lancha para pedestres.

“Com esse serviço, incentivaremos a sustentabilidade e melhoraremos a mobilidade urbana em Ilhabela, teremos menos carros circulando na ilha e desafogando o trânsito na alta temporada”, comentou Ricardo Fazzini. 

O secretário ainda comentou que, para suprir essa futura demanda, o município entrará com o serviço de Aquabus já no fim deste ano, a ser feito em oito diferentes píeres da ilha: Ponta Azeda, Engenho D’Agua, Perequê, Balsa, Portinho, Feiticeira e Praia Grande. Além do Aquabus, haverá ainda o ônibus turístico, com interligação de todos os pontos turísticos da cidade na orla.

“Trabalhamos fortemente no incentivo ao turismo, promovendo eventos durante o ano todo no Brasil e no mundo, e não podemos trabalhar com incerteza no serviço de travessia. Esse novo serviço de lanchas e o apoio na mobilidade urbana do nosso município trará muito mais confiança ao destino turístico”, pontuou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Ilhabela.

 “Exigimos uma reposta imediata do Estado para que suprisse essa deficiência no serviço da balsa, e fomos prontamente atendidos com a travessia de pedestres”, enfatizou o prefeito ilhéu, Márcio Tenório.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário