Criança de 4 anos se afoga em piscina de casa de veraneio, em São Sebastião

Corpo de Bombeiro alerta para cercamento dessas áreas 
Piscina deve ser protegida para evitar acidentes (Foto: Divulgação)

Um criança de 4 anos se afogou, na tarde desta segunda-feira (24), após cair na piscina de uma casa de veraneio localizada no bairro São Francisco, região central de São Sebastião. Ele foi socorrido por uma enfermeira que estava no local, mas há risco de sequelas. O Corpo de Bombeiros alerta para os cuidados necessários. 

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros do Litoral Norte, capitão Newton Kruger, a criança estava com a família, vinda de São Paulo, para passar uns dias no litoral quando o garotinho caiu na água após segundos de desatenção da mãe. 

No local estava uma enfermeira que deu início às manobras de ressuscitação cardio pulmonar até a chegada de uma equipe dos bombeiros. “Com a chegada da Unidade de Resgate assumimos a manobra e conduzimos a criança para o Hospital de Clínicas de São Sebastião em parada, mas fazendo a ressuscitação”, explicou o comandante. 

Ainda conforme ele, no Pronto Socorro Central os médicos usaram adrenalina para reverter o quadro, “mas há chances de sequela”.

O comandante do Corpo de Bombeiros alerta que é necessário ter uma série de cautelas quando há piscina na residência, sendo uma delas o devido cercamento do espaço para evitar esse tipo de acidente. 

Ela também precisa ter ralo anti sucção, pois há registro de acidentes onde o cabelo de vítimas é sugado, o que pode provocar a morte por afogamento. “No caso de crianças pequenas, é primordial manter sempre a atenção nelas. Uma distração pode levar à morte”. 

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário