Atleta de Ilhabela é vítima de assalto à mão armada em Caraguatatuba

Vando Cruz teve as biked roubadas enquanto treinava para o X-Terra
As duas bikes roubadas são do modelo Street (Foto: Arquivo Pessoal)

Por Fernanda Veiga

O ciclistas de Ilhabela, Edvando Cruz, foi vítima de uma assalto à mão armada na última quarta-feira (15), na cidade de Caraguatatuba. Ele teve duas bicicletas de treino para estrada (Street) roubadas. No momento do crime, o atleta estava com dois colegas, treinando para as competições do X-Terra, na rodovia Rio- Santos, próximo ao mercado Atacadão. 

Vando Cruz, como é mais conhecido, conta que a abordagem foi feita por dois rapazes jovens, aparentando menos de 20 anos. "Eles estavam com blusa de moletom e capuz na cabeça, bermuda comum e chinelo, passariam desapercebido do lado de qualquer um. Estávamos numa velocidade considerável e a princípio pensei ser alguma pessoa atravessando a rodovia, até que pararam na frente e tivemos que reduzir a velocidade, sacaram a arma em nossa direção e falaram para entregar as bikes".

O ciclista informou que foi uma ação bem rápida  e nada mais foi pedido além das bicicletas.  "Muita gente treina aqui na região e é facil identificar um ciclista em treinamento, pelo capacete e roupas. Eles sabiam o que estavam fazendo. Geralmente visam mais as Mountain Bikes, por ter em maior quantidade e muitas peças semelhantes. Muita gente é assaltada na região que fica bem perto da divisa com São Sebastião. É preciso mais segurança".

As bicicletas roubadas são dos modelos: Specialized S-Works, preta de fribra de carbono e  First, branca com rodas de carbono concept 45 da marca Vzan. A Polícia Civil está investigando o caso.

O atual campeão Paulista de Cross Country é ciclista profissional e representa Ilhabela há 25 anos. Ele participou das Olimpíadas de Atenas em 2004, foi medalhista nos Jogos Panamericanos em Santo Domingo em 2003, tem seis títulos nacionais, várias representações pela seleção brasileira em Mundiais e outros eventos em mais de 20 países.

Denúncias anônimas podem ser feitas  através do 190 ou em qualquer delegacia.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário