Quase 600 jovens de Caraguá se increvem para 30 vagas da Guarda Mirim

A prova escrita será aplicada no próximo domingo (22/7); Outras 30 vagas são para adolescentes em situação de vulnerabilidade social 
As vagas são voltadas para jovens de 14 a 16 anos (Foto: Divulgação)

Ao todo, 590 adolescentes fizeram a inscrição para o processo seletivo da Guarda Mirim da Prefeitura de Caraguatatuba, encerrada na última sexta-feira (13/7) pela internet. Desse total, 315 garotos e 275 garotas com idades entre 14 e 16 anos se cadastraram para as 30 vagas de ampla concorrência do programa.

A prova escrita será aplicada no próximo domingo (22/7), às 9h10, na EMEF Doutor Carlos de Almeida Rodrigues, localizada na Avenida Pernambuco, 1.101 – Indaiá. O fechamento dos portões ocorre às 9h.

O teste terá 25 questões de Língua Portuguesa (10), Matemática (10) e História de Caraguatatuba (5). O candidato precisa apresentar o documento de identidade (RG) ou certidão de nascimento originais no dia da prova.

Outras 30 vagas serão distribuídas por programas sociais geridos exclusivamente pela prefeitura, para adolescentes em situação de vulnerabilidade social que serão selecionadas pelo corpo técnico da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania.

A listagem geral (todos os candidatos) e outra especial (portadores de necessidades especiais) serão publicadas no dia 26, no site e afixadas na Prefeitura de Caraguatatuba. O endereço é Rua Ruiz Passos Junior, 50 – Centro.

A lista final com os candidatos selecionados para o Curso de Formação para Guarda Mirim também será publicada no dia 26 de julho, no Diário Oficial Eletrônico do Município de Caraguatatuba, no link  http://www.caraguatatuba.sp.gov.br/pmc/category/diario-oficial/.

Programa

O Programa de Aprendizagem da Guarda Mirim tem como objetivo contribuir com a formação profissional e cidadã desses adolescentes. Os participantes receberão uniformes e uma bolsa auxílio de 60% do salário mínimo (R$ 572,40). O programa tem um ano e seis meses de duração, sendo que nos primeiros seis meses o adolescente será aspirante à Guarda Mirim e não será remunerado.

Após concluído o curso preparatório, o jovem passa a ser Guarda Mirim e passa receber a bolsa auxílio. A carga horária é de 20 horas semanais dividido em dois períodos (manhã e tarde). As atividades serão desenvolvidas em horário contrário ao período escolar.

O aspirante à Guarda Mirim (primeira fase) passará pela pré-aprendizagem e formação que contará com conteúdos de disciplinas da Base Nacional Comum, aulas de cultura caiçara, que abordarão aspectos históricos e geográficos da região, em especial Caraguatatuba, além de aulas de legislação, cidadania e atividades e projetos complementares.

Nesta fase os integrantes receberão orientações em temas como Defesa Civil, atividade física, ética, cidadania, noções gerais de direito e direito constitucional, noções gerais de legislação e trânsito, além de noções básicas de ecologia e preservação do meio ambiente.

Já o Guarda Mirim (segunda fase) realizará o curso de formação profissional ministrados por uma instituição ainda a ser escolhida, mediantes a legislação vigente, para que os jovens sejam inseridos no mercado de trabalho pelo Projeto Primeiro Emprego.

A sede do programa deverá ficar no prédio do Corpo de Bombeiros, que terá uma sala adaptada para as aulas da pré-aprendizagem, além de contar com outras áreas fundamentais para o funcionamento do projeto.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário