Programa Seja Digital deve entregar 18 mil kits de TV em Caraguatatuba

Sinal analógico será desligado em 27 cidades da região no dia 28 de novembro
Representantes recebem kits da Seja Digital (Fotos :Luis Gava/PMC)

Prefeitos e representantes de prefeituras da região assinaram, nesta terça-feira (31), em Caraguatatuba, parceria com o programa Seja Digital, para a distribuição de kits de TV Digital à população mais carente. Somente em Caraguatatuba, onde foi celebrado o Acordo de Cooperação, cerca de 18 mil pessoas devem ser beneficiadas. Nos 27 municípios contemplados nesta etapa são 79 mil pessoas. O sinal analógico será desligado, em definitivo, no dia 28 de novembro deste ano.

A Seja Digital, entidade não governamental e sem fins lucrativos, responsável pelo processo de digitalização do sinal de TV no Brasil, e prefeituras da região de Caraguatatuba firmaram parceria com o objetivo de levar informação sobre o desligamento do sinal analógico de TV à população, pois após a data de desligamento só será possível assistir à programação da TV aberta por meio do sinal digital.

Além de Caraguatatuba, essa etapa atende os municípios de Arapeí, Areias, Bananal, Bom Jesus dos Perdões, Cunha, Ilhabela, Jambeiro, Joanópolis, Lagoinha, Lavrinhas, Monteiro Lobato, Natividade da Serra, Nazaré Paulista, Paraíbuna, Piracaia, Queluz, Redenção da Serra, Santa Branca, Santo Antonio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São José do Barreiro, São Luiz do Paraitinga, São Sebastião, Silveiras, Ubatuba e Vargem.

Segundo o diretor administrativo-financeiro da Seja Digital, Carlos Saldanha, no Brasil, 50% da população ainda utiliza televisão de tubo, fazendo com que seja necessário o conversor. “Para isso vamos oferecer o kit gratuito àqueles que mais necessitam. A TV é fonte de informação e entretenimento. Temos que ter foco integral nas cidades”, disse Saldanha.

O kit será disponibilizado às famílias inscritas em programas sociais do Governo Federal (Bolsa Família, Carteira do Idoso, Tarifa Social de Energia Elétrica, Benefício de Prestação Continuada – BPC e Minha Casa Minha Vida), conforme lista de beneficiários fornecida pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).


Aguilar Junior recepcionou diretor da empresa
O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, reforçou que toda a equipe não medirá esforços para colaborar com todos os munícipes que necessitam de auxílio no agendamento. “Também acredito muito no trabalho da Seja Digital e tenho certeza que juntos atingiremos 100% da população”, disse o prefeito.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania de Caraguatatuba, Jonas Fontes, para saber se tem direito ao kit a pessoa de vê ligar para o telefone 147 tendo em mãos o Número de Inscrição Social (NIS). Uma atendente vai informar os procedimentos para fazer a retirada do equipamento composto pelo conversor, antena, fio de oito metros e controle remoto.  

Outra opção é acessar o portal sejadigital.com.br/kit, com NIS (Número de Identificação Social) em mãos. O agendamento para a retirada dos kits gratuitos deve ser iniciado na região ainda nesta semana.

Segundo a coordenadora de mobilização da Seja Digital, Adriana Shibata Rodrigues da Conceição, o desligamento para essa região é definitivo conforme determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). 

No varejo, o conversor poderá ser encontrado por preços que variam entre R$ 70 e R$ 200, “mas fizemos parceria para que não falte kit conversor em estoque e elevem os preços”.

Empresa

A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. 

Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. 

Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. 

Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário