Mulher denuncia ameaça e investigadores encontram revólver com suspeito

Apreensão foi realizada por policiais da Delegacia de Defesa da Mulher de Caraguatatuba
Apreensão aconteceu no Indaiá, em Caraguatatuba (Foto: DDM/ Divulgação)

Investigadores da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) apreenderam um revólver calibre 38 e 22 munições na casa de um homem de 62 anos denunciado por ameaçar sua ex-companheira. A arma foi encontrada na manhã desta quarta-feira (25), no bairro Indaiá, em Caraguatatuba.

O cumprimento do mandato de busca e apreensão foi ordenado pelo novo delegado titular da DP, Dr. Leandro Reis da Silva, a pedido da Justiça. No local, os policiais foram atendidos pelo próprio suspeito, S.L. G., que apresentou o revólver guardado em uma caixa de madeira trancada com cadeado, em uma prateleira próxima da cama.

Segundo o indiciado a arma teria mais de 20 anos e quando adquirida possuía a documentação correta, porém após a nova Lei do Armamento, não houve regularização do porte. A arma foi apreendida e S.L.G foi liberado após pagamento de fiança. Ele deve responder em liberdade pela posse ilegal de arma de uso permitido (artigo 12). No depoimento, S.L.G. negou as ameaças contra a ex-esposa.

Novo delegado

O novo delegado da DDM é natural da cidade de São Paulo e assumiu o posto em Caraguatatuba há cerca de um mês. O comandante tem pela frente mais de 500 inquéritos para dar continuidade. 


Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário