Polícia Civil pede prisão temporária de suspeitos de matar estudante em Caraguá

Eles levaram o celular do jovem que seguia para a faculdade
Suspeitos de cometer o assassinato do estudante (Reprodução)

Por Fernanda Veiga

A Polícia Civil de Caraguatatuba conseguiu a identificação dos dois suspeitos da morte do estudante Matheus Gomes de Almeida, 17 anos, assassinado na manhã de terça-feira (19) no bairro do Travessão, na região sul da cidade, por causa de um aparelho celular.

Segundo o delegado do 1º DP, Victor Daros Falcão, titular da DIG/Dise, a prisão temporária de 30 dias dos suspeitos já foi autorizada pelo juiz e as buscas estão sendo feitas pela polícia.

Qualquer informação do paradeiro dos suspeitos pode ser feita de forma anônima através do Disque Denúncia -197 ou direto no Distrito Policial do Porto Novo, na Avenida José Herculano, 6600 - Telefone: (12) 3887-5224

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário