Mulheres são flagradas tentando entrar com maconha no CDP de Caraguatatuba

A companheira de um recluso foi surpreendida com 17 gramas da droga entre as nádegas, neste fim de semana
A droga foi localizada pelo body sacanner (Foto: SAP/ Divulgação)

Quatro pessoas foram barradas ao tentar entrar com drogas em estabelecimentos penais do Vale do Paraíba e Litoral Norte durante as visitas de final deste semana (23 e 24). No Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caraguatatuba, a companheira de um recluso foi surpreendida com 17 gramas de maconha ao passar pelo body scanner. A mulher, de 22 anos, carregava a droga entre suas nádegas. Na manhã seguinte, os agentes de segurança interceptaram a entrada de uma visitante de 19 anos, que trazia um pacote transparente com 16 gramas de maconha.

Ainda no sábado, os servidores do CDP de São José dos Campos observaram um objeto estranho nas imagens colhidas pelo escâner corporal da mãe de um detento da unidade. A mulher, de 41 anos, trazia uma porção de oito gramas de maconha escondida na calcinha.

Ainda no domingo, por volta das 12h, o pai de um preso da Penitenciária 1 "Tarcizo Leonce Pinheiro Cintra" de Tremembé foi frustrado com a tentativa de entrar na unidade com duas gramas de maconha no bolso traseiro da calça. Os servidores encontraram a droga quando faziam a revista manual do homem, de 58 anos.

Os visitantes foram encaminhados para a Delegacia de Polícia, além de terem seus nomes suspensos do rol de visitas da Secretari de Administração Penintenciária (SAP). As direções dos estabelecimentos penais registraram Boletim de Ocorrência e enviaram comunicados para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurarem Procedimento Disciplinar Apuratório.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário