Igreja, familiares e amigos de jovem assassinado em Caraguá organizam protesto pela paz

Missa abre o ato a partir das 8h deste domingo (24); O evento é aberto a população e a sugestão é que todos vistam branco
Matheus aos lados dos amigos do IFSP (Foto: Arquivo Pessoal)

Por Fernanda Veiga

A Paróquia Nossa Senhora da Glória, amigos e familiares do jovem de 17 anos assassinado por conta de um celular na última terça-feira (19), em Caraguatatuba, preparam uma caminhada pela paz, neste domingo (24), no bairro do Travessão, onde ocorreu o crime. 

O objetivo é homenagear o estudante Matheus Gomes de Almeida e protestar contra os altos índices de violência observados na cidade. O ato conta com uma missa, às 8h, na Paróquia Nossa Senhora da Glória, sob o comando do Padre Carlinhos. O evento é aberto a população e a sugestão é que todos vistam branco.

O pai de Matheus, o Sr. Nilson, conhecido no bairro como "Véio", está ainda em choque e inconformado pela perda do filho. Ele conta com apoio popular: "Convido todos os amigos e moradores da nossa cidade, Caraguatatuba, a ir à missa e depois haverá uma passeata, no nome do Kaiser (apelido de Matheus)".

Sílvia Maria, mãe de uma das melhores amigas do Matheus, contou que alunos do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), onde o jovem estudava, irão participar do ato. "O Matheus era muito querido por todos; quando abordado ele havia acabado de mandar mensagem para M., seu colega de TCC, combinando para chegarem cedo ao IFSP e estudar o que iriam apresentar de tarde. Mesmo sem chão,  estamos pedindo apoio da população para ter bastante gente na caminhada. Precisamos fazer algo. Basta de insegurança!", desabafou.

Mel Gasparelli, irmã de Matheus e que não mora no Brasil, disse que toda a família está muito abalada, que o crime foi uma grande estupidez. "No ano passado ele (Matheus) pensava em vir ficar um tempo comigo, mas não deu. Logo ele foi pro curso porque sonhava muito no futuro, em ser alguém, infelizmente não foi como no sonho dele. Penso nos sonhos e projetos dele, na vontade que ele tinha em ajudar nosso pai. Ele estudava para ser um bom administrador. Mas Deus sabe o que faz", lamentou, agradecendo ainda a todas as pessoas que estão se dispondo a participar da passeata de amanhã.

Padre Carlinhos, o idealizador do "Domingo pela Paz" explicou que o evento já estava sendo pensado pela paróquia devido aos inúmeros casos de violência na região, mas a morte do estudante foi o motivo para que acontecesse o ato pacífico. A missa também será celebrada em memória do jovem que, juntamente com sua família, frequentava a missa. 

"Contamos com a participação popular para dar apoio a essa família que faz parte da comunidade e passa por esse momento difícil e também para clamar por esse bairro; até a igreja já sofreu pequenos furtos, paroquianos tiveram suas casas assaltadas. Estamos inseguros aqui e queremos chamar a atenção para isso também", explicou o padre que sugere que todos possamir de branco, que é o símbolo da paz.

"Neste domingo a missa será em homenagem a São João Batista, um profeta que denunciou tudo que estava em desacordo em seu tempo. Cremos que seja o dia perfeito para fazermos o mesmo, mostrar que estamos fartos de viver encarcerados e com medo. Após a missa faremos uma caminhada orante pelas ruas do bairro em memória do Matheus, lembrando que somos um povo da paz e queremos paz", completou.

O Caso

Matheus foi alvejado por dois tiros no tórax quando dois suspeitos tentaram roubar seu celular por volta das 7h20 de terça-feira. Ele estava a caminho do IFSP, onde cursava o terceiro módulo do curso técnico de administração.  Naquele dia, a vítima apresentaria o seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

De acordo com a Polícia Civil, o estudante não teria reagido ao assalto, mas ainda assim acabou morto na Rua Francisco Antonio.

Serviço

Caminhada pela Paz
Domingo, 24/06, 8h
Local: Paróquia Nossa Senhora da Glória
Endereço: Avenida José da Costa Pinheiro Júnior, 970 - Travessão, Caraguatatuba

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário