Estudantes de São Sebastião participam do projeto “Jovens em Ação”

O intuito é promover o protagonismo juvenil no ensino fundamental 2
Jovens aprendem trabalhar com câmera (Fotos: Divulgação/PMSS)

Alunos da rede municipal de ensino de São Sebastião estão participando do projeto “Jovens em Ação”, que consiste na criação e funcionamento de grêmios estudantis em 10 escolas de ensino fundamental 2 e também na elaboração de um informativo digital mensal chamado “Inspira”.

Segundo o professor Rafael Romero, idealizador do “Jovens em Ação”, a ideia é “valorizar o protagonismo juvenil e que ao longo do processo eles tomem conta do projeto.

Ele disse ainda que com a criação do grêmio é possível que os estudantes exponham suas ideias, reivindicações e anseios de maneira organizada e democrática, incentivando assim sua atuação na escola.

Para isso, foi realizado nas unidades escolares uma eleição. Os candidatos com interesse em participar do grêmio montaram suas chapas e os alunos puderam votar em qual grupo gostariam de eleger para representá-los.

Já como preparação para a criação da revista “Inspira” os alunos participaram, em maio, de um curso de produção de mídias digitais. Durante cinco encontros os representantes do grêmio eleito e demais estudantes interessados aprenderam a tirar e editar fotos e vídeos, além de produzir conteúdos a serem publicados nas edições do “Inspira” e páginas do facebook, instagram e canal do youtube.


Para Laiane Santos e Isabelle Castro, ambas de 14 anos e estudantes da E.M. Nair Ribeiro de Almeida, localizada em Juquehy, Costa Sul, o curso foi muito legal. “Pudemos conhecer sobre edição de vídeo em pouco tempo. Espero desenvolver mais sobre o tema e conseguir aprender mais técnicas de edição", contou Laiane. 

“Tivemos a chance conhecer técnicas de filmagem, incluindo distância, ângulos, posicionamento, como trabalhar com o tripé e muito mais. Colocamos em prática o que aprendemos logo após, quando o professor Rafael tirou fotos e fez um vídeo testemunho. Foi demais", revelou Isabelle.

Rafael afirmou que a expectativa é capacitar os alunos a terem autonomia na produção das mídias, possibilitando assim a divulgação das ações do grêmio, dando voz a eles na tomada de decisões das escolas. “Formamos cidadãos e eles devem saber de seus direitos e deveres para a construção de uma sociedade melhor”, ressaltou o professor.

O lançamento oficial do projeto, com a divulgação das redes sociais e da revista “Inspira” será na quarta-feira (13/06), às 14h, na Sampoc (Associação dos Amigos do Pontal da Cruz), localizada na Rua São Nicolau,  625, Pontal da Cruz.
                                                                                                                   





Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário