Caraguatatuba confirma morte de macaco por Febre Amarela

O animal da espécie bugio foi encontrado na área do Parque Estadual, no bairro Sertão dos Tourinhos, região Norte da cidade
Macaco morto em Caraguá (Foto: PMC/ Divulgação) 

A Prefeitura de Caraguatatuba recebeu do Instituto Adolfo Lutz a confirmação de morte por Febre Amarela de um macaco adulto da espécie bugio. O animal foi encontrado na área do Parque Estadual, no bairro Sertão dos Tourinhos, região Norte da cidade. Segundo o secretário de Saúde, Amauri Toledo, cerca de 15 mil pessoas ainda precisam buscar as Unidades Básicas de Saúde para receberem imunização. Não há registro de casos de febre amarela em humanos.

O veterinário do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da cidade, Guilherme Garrido, alerta a população para que colabore com os trabalhos do município, tome a vacina e comunique qualquer morte suspeita de macaco. “Sempre que houver a identificação de primatas com mudanças de comportamento (mais lentos) ou mortos, por favor, peço a todos que entrem, imediatamente, em contato com o CCZ (3887-6085) ou, aos finais de semana com o Corpo de Bombeiros (193) e Defesa Civil (199), que seremos notificados de imediato”, recomenda.

De segunda a sexta-feira, as Unidades Básicas de Saúde de Caraguatatuba seguem com os procedimentos de imunização conforme horário de cada sala de vacina.

Alerta

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Saúde, mediante os fatos, já mobilizou funcionários dos setores da Vigilância Epidemiológica (VE), Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Atenção Básica, enfermeiros e Agentes Comunitários de Saúde (ACSs), que já realizaram levantamento casa a casa no entorno do bairro Sertão dos Tourinhos para saber quais pessoas que tomaram vacinas, as que possuem restrição e as que se recusam a receber a imunização.

As pessoas que não foram vacinadas deverão procurar a UBS de referência para receber a vacina contra a febre amarela. A Prefeitura de Caraguatatuba informa ainda que a Secretaria de Saúde realizou a vacinação casa a casa nos meses de abril e maio em todo município e esteve em domicílios da região Norte, por diversos dias; além de disponibilizar à população stands em locais públicos aos finais de semana e no período noturno.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário