Bispo Diocesano anuncia Paróquia Santo Antonio como 1º Santuário do Litoral Norte

Igreja Matriz tem pedaço do osso do Santo para atrair peregrinos
Bispo lê documento durante missa (Foto: Divulgação/Diocese Caraguatatuba)

Às vésperas da comemoração do Dia de Santo Antonio (13/6), a Paróquia Santo Antônio, em Caraguatatuba, será elevada a Santuário Diocesano. O anúncio foi feito pelo Bispo da Diocese de Caraguatatuba, Dom José Carlos Chacorowski, neste domingo (10/6) durante a benção aos peregrinos que seguiram para a tradicional Caminhada Penitencial ao Morro Santo Antônio, como parte das comemorações da 165ª Festa do Padroeiro. 

No conceito religioso, “Santuário” é um local sagrado, para onde acorrem peregrinos de diversas regiões por devoção, ou ainda a Igreja frequentada por fiéis vindos de outras regiões, atraídos por algo que existe especificamente naquele Templo. No caso do futuro “Santuário Diocesano de Santo Antônio de Caraguatatuba”, será a relíquia de primeiro grau de Santo Antônio (um pedaço do osso do Santo), que já se encontra na Igreja Matriz.

“Trata-se da Igreja mais antiga do município. A cidade de Caraguatatuba se desenvolveu a partir da Igreja, tem um povo devoto, acolhedor, que com certeza merece essa conquista que deverá também ser olhada como uma rota para o turismo religioso”, acredita o Pároco da Paróquia Santo Antônio, padre Carlos Alberto da Silva, o padre Beto, que junto com seus paroquianos, terá o período de um ano para proceder às modificações e adequações necessárias para que a Paróquia seja elevada oficialmente a Santuário.

Entre as modificações que devem ser realizadas até junho de 2019 está a construção de uma cúpula no Presbitério da Igreja, para que a relíquia de Santo Antônio seja exposta de forma permanente junto ao altar, além de adaptações nas salas para reuniões privativas, sala para conferências e capacitação e um salão para encontros de romeiros. Atualmente já são realizadas três Santas Missas diárias, outra exigência para que a Paróquia torne-se um Santuário Diocesano. 

De acordo com o Bispo Dom José Carlos, a oficialização deverá ser feita por meio de decreto, neste mesmo período em 2019, como parte das comemorações do Jubileu de 20 anos de criação da Diocese de Caraguatatuba. “Assim como o Pároco e sua messe, acreditamos que o sonho possa tornar-se realidade. Santuário Diocesano trará conforto espiritual da Graça de Deus inerente aos lugares sacros, reservados exclusivamente à oração e adoração, sobretudo no ano em que comemoraremos o jubileu de 20 anos da instalação da nossa Diocese”. 


Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário