Balsa também tem reajuste e sobe 2,85% a partir de domingo (1º)

Pedágios das rodovias paulistanas também terão aumento no mesmo período
Auento começa a valer neste domingo (Foto: Nova Imprensa)

Após anúncio do aumento de pedágios nas rodovias paulistanas, a Dersa informa agora o aumento da tarifa nas travessias litorâneas. O valor será reajustado em 2,85% a partir da 0h deste domingo (1º ), índice relativo ao IPC-A acumulado entre junho do ano passado e maio desse ano. 

O aumento foi autorizado pela Resolução Conjunta SLT-STM – 001/2018, publicada na edição desta sexta-feira (29) do Diário Oficial do Estado. O procedimento é o mesmo utilizado na correção aplicada no ano passado.

As bicicletas, bem como seus respectivos condutores, continuam com isenção de qualquer pagamento nas travessias feitas por balsa.

A resolução com os novos valores está disponível para consulta pública nas páginas 36 e 37 do Diário Oficial do Estado de São Paulo, que pode ser acessado pelo link: http://diariooficial.imprensaoficial.com.br/nav_v4/index.asp?c=4&e=20180629&p=1.

Repúdio

O vereador de Ilhabela, Anísio de Oliveira, publicou uma nota de repúdio ao aumento da tarifa de embarque. "Sei que foi apenas o reajuste inflacionário, mas nós, moradores, não podemos pagar esse preço novamente. Me revolta saber que todo gestor público antes de assumir o poder vem até aqui e promete dar atenção e resolver nosso problema. Repudio e sempre vou repudiar esse ato", publicou ele.

Ele contestou ainda a posição do governador Márcio França que esteve no arquipélago no dia 23 de março e recebeu em mãos um ofício solicitando melhorias no serviço. 

"Na ocasião também solicitamos que o Secretário de Transporte, Laurence Casagrande, fosse exonerado do cargo. Isso ocorreu e hoje esse mesmo Secretário está preso! Pasmem, o responsável pela travessia de balsas foi preso e agora o senhor vem aumentar nosso pedágio? Faça uma limpa na Dersa, pois cansados de pagar pelo preço da corrupção" Não aceitaremos! Governador Márcio França, não seja igual á todos que passaram por aí. Dê uma resposta para os moradores de Ilhabela e do Litoral Norte! Junto com meus colegas vereadores estaremos encaminhando uma moção de repúdio a este ato", finaliza o vereador.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário