Rancho de Pescadores é destruído por incêndio no Porto Grande

Canoas da década de 60 não resistem ao fogo
Chamas são apagadas no rancho (Fotos: Divulgação)

O Rancho dos Pescadores localizado no bairro Porto Grande, na região central de São Sebastião, foi completamente destruído após incêndio ocorrido na tarde desta terça-feira (1º/5).

Não houve feridos e a polícia vai investigar as causas que teriam dado início ao fogo. O prejuízo é estimado em R$ 120 mil. Equipes do Copro de Bombeiros, Defesa Civil e voluntários se uniram para apagar o incêndio.

O Rancho dos Pescadores fica na rua Altino Garcez e a área pertence à Associação dos Pescadores Artesanais, Profissionais e Amadores do Rancho Parananga que tem cerca de 60 integrantes. O presidente da entidade, Márcio da Silva Siqueira, disse que queimou tudo o que estava nos 20 boxes “Redes de tainha, parati, camarão, 10 motores. Tudo virou cinzas”, lamentou. 

De acordo com Siqueira, a preocupação maior é com os pescadores profissionais que dependem dos apetrechos para a pesca e sustento da família. “São pelo menos 20 que vivem exclusivamente da pesca e perderam tudo”. 

Para tentar ajudar a comunidade pesqueira, o presidente da associação disse que vai pedir ajuda ao comércio e órgãos públicos para que eles possam se manter ativos.

Conforme Márcio Siqueira, a situação só não foi mais grave porque as embarcações de fibra estavam do lado de fora dos boxes. “Mas o que nos deixou triste é que canoas das décadas de 60/70, que ficavam guardadas, foram totalmente queimadas”. 

Segundo Marcinho, elas não eram mais usadas, mas a ideia era deixa-las em exposição para que turistas, moradores e crianças pudessem conhecer um pouco mais dessa tradição, como a pesca era feita.
Há mais de um ano um outro incêndio acabou com o Rancho de Pescada da Enseada, na Costa Norte de São Sebastião, e até hoje a comunidade aguarda apoio. 







Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário