Novo presidente da Associação Comercial quer reforçar parcerias

Alteração no horário do comércio também é foco de Olívio Ramirez Balut 

Olivo Balut (rosa) na solenidade de posse (Fotos: Nova Imprensa)

Com o objetivo de reforçar o comércio, o novo presidente da Associação Comercial e Empresarial de São Sebastião (ACE-SS), Olivo Ramirez Balut, destacou que fechar parcerias será a palavra-chave de sua gestão que vai até 2020. 

“Temos muito trabalho a ser feito, mas já estamos em negociação para trazer a cooperativa de crédito Sicredi para a cidade, além de parcerias com o Sebrae, Fatec, Clube de empresas, Banco do Povo e até mesmo os próprios comerciantes”.

Segundo ele, por ser um município muito extenso, com quase 110 quilômetros de extensão, em um primeiro momento será necessário dividir São Sebastião em quatro setores – Norte, Centro, até Maresias e após Boiçucanga – de forma a atender os mais de 4 mil comerciantes.

Outro ponto a ser trabalhado é a conscientização porque hoje pede-se um empresariado moderno, ecologicamente correto, atuante no social, na cidadania, com atualização permanente. “O lema da associação é foco, união, trabalho e negócios”. 

Cruzeiro
Durante a solenidade de posse da nova diretoria, o prefeito Felipe Augusto colocou a administração à disposição para parcerias com a Associação Comercial e apontou ações que tem feito com o objetivo de estimular o comércio por meio da divulgação do município em eventos turísticos.

“Estamos resgatando a autoestima do comerciante sebastianense neste momento de crise pelo qual passa o Brasil, onde os orçamentos imbicam e todos sofrem com a recessão”. 

Felipe Augusto fez questão de frisar as viagens que tem feito para fora do País, a convite da Embratur, com o objetivo da divulgação e apresentar propostas para a instalação do receptivo de navios de cruzeiros em São Sebastião. 
“Teremos condições de receber navios com capacidade para 6 mil passageiros em uma única viagem”. 

Horário
A prática de fechamento do comércio no horário do almoço ou às 18h será trabalhada pelo novo presidente como forma de incentivar o movimento e atendimento ao consumidor. 


“Não tem porque abrir uma loja 8 horas da manhã sendo que o movimento começa depois das 10. Por que não fechar mais tarde também se é quando muitas pessoas e turistas podem ou preferem ir aos estabelecimentos?”, pondera Olivo Balut.

Para ele, o comerciante precisa sair da sua zona de conforto porque o que dita a regra é o mercado. “Quem fica acomodado abre campo e outro toma seu lugar”.

Também como forma de movimentar o comércio sebastianense, Balut explica que a realização de campanhas em datas especiais como Dia dos Namorados, Dia das Crianças, Natal, são medidas que podem ajudar. 

“Vamos estudar, já estávamos trabalhando antes de assumir para mostrar aos associados que coisas boas não são gastos e sim investimento”. 

Assim, o novo presidente da ACE-SS espera elevar o número de associados que hoje gira em torno de 250, muito pouco para os cerca de 4 mil comerciantes do município. “Só com minha posse já garantimos mais 70 associados”, comemora.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário