Homens desaparecem no mar e partes da embarcação são encontradas

Irmão da vítima esteve na costeira do Borrifos para reconhecer os objetos e acabou escorregando nas pedras e fraturou pernas, braços e nariz
Luiz Cláudio era marinheiro da balsa (Foto: Facebook/ Divulgação)

Partes de uma embarcação que desapareceu no Canal de São Sebastião foram encontradas pelo Grupamento de Bombeiros Marítimos (GbMar), na noite desta terça-feira (15). O mestre de cabotagem da balsa, Luiz Cláudo de Jesus, saiu para pescar com um amigo na noite desta segunda-feira (14), quando teria sido arrastado para as pedras pela força da maré. Os bombeiros encontraram a capota da lancha, parte da rede de pesca e do motor, modelo Envinrude 30Hp. Os dois homens seguem desaparecidos.

O irmão de Luiz esteve com a equipe dos bombeiros na costeira do Borrifos, sul de Ilhabela, para reconhecer os aparatos localizados, quando acabou escorregando nas pedras e fraturou pernas, braços e nariz. Ele foi encaminhado ao hospital Mario Covas.
Filho de Luiz se machucou nas buscas (Foto: Divulgação)

As vítimas saíram do Rancho dos Pescadores, em São Sebastião, por volta das 18h, com a embarcação "Peteleco". Eles foram vistos pela última vez na região do Borrifos por dois moradores da comunidade tradicional da praia do Bonete, que também saíram para pescar no local.

De acordo com uma das testemunhas, eles chegaram a conversar com Luiz, mas resolveram ir embora antes deles. "A força da maré estava correndo muito, jogando de fora para terra", afirmou o pescador. 

Na terça-feira (15), os pescadores saíram do Bonete por volta das 7h para vender os peixes em São Sebastião, quando encontraram um dos irmãos da vítima procurando por ele. 

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário