Dono de pastelaria é preso por tentar subornar agentes em São Sebastião

O restaurante apresentou diversas irregularidades e o proprietário, de procedência chinesa, tentou pagar para não receber multa da Vigilância Sanitária
Suborno foi denunciado pelos agentes (Foto: Celso Moraes/ PMSS)

A Secretaria de Saúde por meio da Vigilância Sanitária atendeu nesta quinta-feira (3) uma denúncia anônima de reutilização de copos descartáveis na Pastelaria Oriental, na Avenida Guarda Mor Lobo Viana, no Centro da cidade.

No local, a equipe da Vigilância Sanitária constatou que realmente os copos descartáveis eram reutilizados, ainda durante a fiscalização, mais irregularidades foram constadas, como, alimentos mal acondicionados, produtos com prazo de validade vencido, sem identificação e sem procedência, todos eles descartados.

De acordo com a vigilância, a coifa do local também está sem condições de uso, a cozinha com limpeza inadequado, o depósito da pastelaria está em desacordo com a legislação, o gelo usado na loja é produzido em recipientes inadequados, além da presença de insetos no comércio.

Na parte documental, segundo a vigilância, o estabelecimento possui a licença da Vigilância Sanitária e da Fiscalização Tributária, porém não foi detectado durante a vistoria a presença dos atestados de saúde dos funcionários, o certificado de sanitização, Manual de Boas Práticas e o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, todos eles, documentos de presença obrigatória, alguns em todos os estabelecimentos comerciais outros em empresas que produzam, manipulem, transportem, armazenem e/ou comercializem alimentos.
Alimentos foram para o lixo (Foto: PMSS)

Depois que a vistoria ocorreu, enquanto os fiscais da vigilância esperavam o caminhão de lixo para o descarte dos alimentos sem condições de uso, o proprietário da pastelaria, S.X., segundo informou a equipe da Secretaria de Saúde, tentou subornar os fiscais com um bolo de dinheiro, no momento a diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde, Fernanda Paluri, comunicou a Polícia Militar (PM) sobre o ocorrido, quando a polícia chegou ao local, constatou o ocorrido e levou o proprietário da pastelaria para o 1º Departamento de Polícia de São Sebastião (1ºDP) junto com uma funcionária da loja, pois segundo ela, ele fala e entende o português parcialmente, pois tem nacionalidade chinesa.

No 1º DP, o proprietário da pastelaria foi autuado pelo crime de corrupção ativa em flagrante delito e acabou por ser preso. Segundo o delegado, Vanderlei Pagliarini, “como a pena máxima, supera o limite de quatro anos, o delegado de polícia, não pode arbitrar fiança e amanhã ele será apresentado ao juiz de direito na audiência de custódia, para que o juiz delibere se ele vai permanecer preso ou não”, comentou Pagliarini.

Ainda segundo a vigilância, o estabelecimento será autuado, que irá gerar penalidades de multa, cabíveis dentro das irregularidades encontradas.

Para registrar denúncias o cidadão pode entrar em contato pelo telefone (12) 3891-3411.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário