Visita de Temer é marcada por protestos em Caraguatatuba

Cerca de 400 pessoas se reúnem para manifestação contra pacote de reformas, privatizações e a morte da vereadora Marielle Franco
Cerca de 400 pessoas se reuniram na porta do evento fechado (Foto: Nova Imprensa)

A visita do presidente da República, Michel Temer (PMDB), à cidade de Caraguatatuba foi marcada por protestos. Cerca de 400 pessoas de movimentos sociais, sociedade civil, sindicatos, partidos políticos e associações declararam insatisfação em relação a presença do presidente no Litoral Norte. 

Com faixas de "Fora, Temer", o grupo reivindica pautas referentes ao pacote de reformas do Palácio do Planalto, privatizações da Petrobras e da Eletrobras e congelamento de investimentos em saúde, educação e assistência social.

A concentração do grupo começou na Avenida Goiás e seguiu para frente do teatro Mario Covas, onde o presidente Michel Temer cumpriu agenda para entrega de títulos de regularização fundiária em um evento fechado ao público.

De acordo com a presidente do PT em Caraguatatuba, Cassia Gonçalves, "a manifestação mostra indignação com a retirada de direitos básicos da população e o favorecimento das elites promovido por Temer. Enquanto tenta-se roubar dos pobres para sanar um déficit que não existe, bancos e outras grandes corporações recebem isenções bilionárias de seus impostos. Isso, sim, é corrupção".

O movimento reuniu lideranças de Caraguatatuba, São Sebastião, Ilhabela, Ubatuba e Vale do Paraíba.

Marielle Franco

A líder explica, ainda, que o ato visa lembrar a morte da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco, que lutava pelos direitos humanos e foi morta com nove tiros na última quarta-feira (14). 

"Também estamos manifestando nossa indignação com o assassinato da vereadora do PSOL. Trata-se de um ato criminoso que busca nos silenciar. A execução de Marielle é uma tentativa de intimidar todos que lutam contra a violência do Estado e contra a desigualdade", desabafou Cássia.

Regularização Fundiária

O projeto de regularização fundiária em Caraguatatuba é uma das principais bandeiras da atual gestão. O objetivo do programa é legalizar áreas de habitação onde houve um crescimento desordenado, documentando a posse das terras e imóveis. Com a escritura nas mãos dos proprietários, torna-se possível a implementação de serviços de saneamento básico, iluminação pública, pavimentação, educação, lazer, entre outros.

De acordo com a Prefeitura de Caraguatatuba, já foram entregues 650 títulos desde 2017, em diversos bairros, e até o final do ano, a cidade deve chegar a marca de 6 mil títulos legalizados. O programa deve entregar 9 mil títulos n
o Estado e 100 mil no Brasil.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário