Ilhote vai receber obras de saneamento básico e ampliação de reservatório

Previsão de conclusão dos trabalhos é de até um ano
O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, assinou, na manhã desta quinta-feira (22) a ordem de serviço para obras de saneamento básico no bairro Ilhote avaliada em R$ 6 milhões. A meta da atual gestão é universalizar o atendimento à população em seis anos, com investimento de mais de R$ 160 milhões no aumento da cobertura de água e esgoto no arquipélago.

O sistema a ser implantado no Ilhote contempla a instalação de quatro quilômetros de redes coletoras de esgoto, dois km de linhas de recalque, além de interceptores nos corpos d’água. Em breve, todo resíduo será transferido para uma estação de tratamento a ser construída no bairro do Curral.  Um sistema que será interligado ao já existente na região, contemplará os bairros do Portinho, Feiticeira e Praia do Julião.

Morador do Ilhote há 78 anos, Laurentino Vieira, seu Laurinho, agradeceu e elogiou o investimento e a postura do atual prefeito. “Nós moradores, temos que agradecer ao prefeito que é uma autoridade, mas amigo do povo. Diferente de outros políticos voltou aqui depois da campanha para fazer o que prometeu”.

A obra terá início em 20 dias e a previsão do término é de um ano. “Vamos ampliar o saneamento, com a instalação de redes coletoras de esgoto, trazendo ainda mais qualidade de vida à nossa população”, frisou o prefeito.


O secretário interino de Meio Ambiente, Ronaldo Alves de Souza, destacou a importância da obra. “Esta obra contribuirá muito para solucionar o problema da coleta e do tratamento de esgoto de Ilhabela. Importante lembrar que este anúncio foi feito no dia 22 de março, quando comemoramos o dia Mundial da Água, recurso natural não renovável que temos que priorizar e cuidar com muita responsabilidade” disse.

Mais de 70% da mão de obra para a execução do serviço será local. “Além disso, o valor da construção é um investimento com 100% de recursos municipais, destinados para o saneamento da cidade”, salientou o secretário de Obras, Luiz Paladino.

Segundo o prefeito, o plano de investimentos da Sabesp previa um aporte de R$ 128 milhões em Ilhabela, durante 30 anos. “Mas, a nosso pedido, o prazo foi reduzido para seis anos”. 

O município também destinará 10% do valor dos royalties ao saneamento básico. Tenório destacou que “é a riqueza do nosso município, antes investida na orla, subindo os bairros de Ilhabela para oferecer o que há de melhor em qualidade de vida para a população”.

Reservatórios
O prefeito do arquipélago também anunciou a futura assinatura da ordem de serviço da ampliação do reservatório do Green Park, que terá sua capacidade atual de 150 mil litros, elevada para um milhão de litros de água. A medida visa dar maior segurança operacional para o abastecimento dos bairros Green Park, Reino e Engenho Novo.

Outro projeto de ampliação é o do reservatório da ETA do Pombo, no Bexiga, para dois milhões de litros, que permitirá, se necessário, água para abastecer a Barra Velha, o que disponibilizará mais água aos demais bairros. 

“Mais um grande investimento para melhorar a qualidade de vida de cada cidadão ilhabelense. Assim cumprimos mais uma de nossa proposta apresentada como plano de governo, que prevê construções de estação de tratamento secundária de esgoto e ampliação da rede de coleta e tratamento de esgoto. Queremos a universalização de todo segmento em seis anos”, disse o prefeito Márcio Tenório.

Outro investimento previsto é a construção de uma ETA de dessalinização com o objetivo de ampliar a produção de água por ocasião de estiagem e pico. Essa estação será feita na Barra Velha, próxima ao Rio Água Branca, que recebe água do mar.

Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário