FOTO EM FOCO: Operação Torniquete


São Sebastião colocou Ilhabela no chinelo: conseguiu projeção nacional sem gastar sequer um centavo em publicidade. A Ilha recentemente despendeu dois milhões de reais em concurso de miss televisionado pela Bandeirantes alegando que isso estimularia o turismo. Rede televisiva que, apesar da alta qualidade dos seus comentaristas políticos, passa longe da audiência da Globo.

E São Sebastião apareceu na Globo, na Vanguarda, na Globo News, uma enormidade de tempo. No entanto, ao invés de exibir a silhueta macérrima e seminua de beldades posando lânguidas e sorridentes pela cidade e praias como foi feito na ilha, surpreendeu o país com uma mega ação cinematográfica da Polícia Federal.

Que não poupou nos adjetivos superlativos.  “Há indícios de corrupção generalizada capitaneada pelo ex-prefeito Ernane Primazzi com participação dos principais secretários municipais e servidores públicos”, disse o delegado da Polícia Federal responsável pela “Operação Torniquete”, durante entrevista coletiva no final da manhã da quarta-feira, dia 29 de novembro. O Nova Imprensa tem matéria detalhada sobre o assunto no link http://www.novaimprensa.com/2017/11/esquema-de-corrupcao-comandado-por-ex.html

Quando a gente via enojada o descalabro da roubalheira sendo desmascarado nos altos escalões da república, se perguntava se eles não estariam presentes nos demais. Se a corrupção é sistêmica como as operações divulgadas a todo instante na TV acusavam, porque não aconteceria nos escalões médios e baixos? Um estado inteiro faliu por incúria e rapinagem, - o Rio de Janeiro, sangrando no noticiário.

Não haveria outros estados e claro, outras cidades, grandes, médias, pequenas, contaminadas pela mesma infecção causada por políticos e empresários sociopatas?

Pois então, São Sebastião, nesta quarta-feira, parece ter sido a bola da vez.

Mas antes de começarmos a demonizar os investigados, é fundamental termos serenidade e esperarmos pelo desdobramento da operação. Todos eles têm direito à presunção de inocência para que não se repita a triste história do reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, que se suicidou após ter tido a vida injustamente arruinada em uma outra operação cinematográfica da Polícia Federal.

Para ilustrar a coluna, fotos da prefeitura e do hospital, onde a investigação "Operação Torniquete" começou.

E São Sebastião novamente põe Ilhabela no chinelo. As fotos da sua prefeitura estampam a sua incontestável superioridade sobre a da Ilha. A fachada está desgastada, mas é insuperavelmente mais bela que a da Ilha. Um prédio de aço e vidro felizmente encoberto pelas edificações vizinhas, que vai seguramente passar como cabal exemplo de péssima arquitetura em tempos de busca da sustentabilidade e economia energética nos manuais futuros de prédios públicos. Nem o melhor sistema de ar condicionado consegue aliviar o desconforto de quem é obrigado a lá trabalhar. E brasileiramente, o jeitinho ali dá as caras sem contudo ter êxito: grandes placas aluminizadas de isolante térmico habitualmente empregadas sobre lajes foram precariamente fixadas sobre os vidros voltados para a face norte e conseguem enfear mais ainda o que já era naturalmente feio.


Por Márcio Pannunzio















Quer conhecer todas as colunas Foto em Foco já
publicadas por Márcio Pannunzio no Nova Imprensa?
Clique aqui e veja o litoral pelas lentes do artista!

*Os direitos autorais das fotos da coluna Foto em Foco pertencem a Márcio Pannunzio. Desrespeitar o direito do autor é crime. Havendo interesse em usar qualquer fotografia da coluna para fins jornalísticos, institucionais, didáticos ou publicitários, entre em contato para negociar o devido licenciamento de uso de imagem: marciopann@gmail.com


  Conheça mais trabalhos de Márcio Pannunzio pelos sites: www.marciopan.art.brwww.marciopan.comwww.ilhabelaemfoco.com e www.retratararte.com. E aqui no Foto em Foco, toda semana uma diferente série fotográfica.
Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário