Etapa de acesso ao Mundial reúne 117 surfistas e Deivid Silva leva o título

O atleta paulista derrotou o campeão mundial Gabriel Medina ainda nas quartas de final
O evento reuniu centenas de visitanteas na praia de Maresias (Foto: PMSS)

Disputado por 117 surfistas, de seis países, o título do Hang Loose São Sebastião Pro, última etapa do QS 3000 em águas brasileiras, acabou nas mãos de um surfista brasileiro. Considerado uma das boas surpresas do campeonato, o paulista Deivid Silva levou a melhor e garantiu o título da etapa da WQS, na praia de Maresias, Costa Sul de São Sebastião.

A competição dá acesso ao Mundial de Surf de 2018 e reuniu as principais estrelas do esporte, como os campeões Gabriel Medina e Adriano de Souza, o Mineirinho. Além disso, o evento movimentou centenas de vistantes durante o feriado prolongado do Dia de Finados.

A disputa foi decidida nos detalhes finais já que DVD, como é popularmente conhecido, entrou na última onda juntamente com o adversário Flavio Nakagima faltando apenas 30 segundos para o término da bateria e levou a melhor. Esta foi a segunda vitória consecutiva de Deivid no Brasil, já que o surfista ficou com o troféu do QS 1500 realizado em Itacaré, na Bahia.  Na fase classificatória Deivid derrotou o campeão mundial Gabriel Medina ainda nas quartas de final.

O vice-campeonato do Hang Loose São Sebastião Pro ficou com Flavio Nakagima que subiu da 28ª para a 23ª posição no ranking que classifica os dez primeiros para a elite dos top-34 do Circuito Mundial (WCT). A definição dos dez indicados pelo WQS acontecerá na Tríplice Coroa Havaiana, que começa no dia 12, na ilha de Oahu, no Havaí.

Continuidade

Depois de três dias de atividades intensas tanto no mar quanto na areia, o diretor geral da World Surf League (WSL) South América, Xandi Fonte, afirmou que a parceria firmada com a Prefeitura de São Sebastião deve render novos frutos nos próximos anos. 

Para o prefeito Felipe Augusto a cidade só tem a agradecer pela confiança da WSL em, depois de tantos anos, trazer de volta uma etapa do circuito mundial de surfe. “Com este evento a praia de Maresias volta ao cenário do Circuito Mundial de Surfe e, a partir de agora, certamente iremos investir pesado em todos os campeonatos e no circuito de surfe”, planejou Felipe Augusto.

Homologada pela WSL South America como a 52ª etapa do WSL Qualifying Series 2017 o “Hang Loose São Sebastião Pro” que faz parte da etapa do QS 3000 contou com apoio da Prefeitura de São Sebastião, da Federação Paulista de Surfe (FPS), Associação de Surfe de São Sebastião (ASSS) e Associação de Surfe de Maresias (ASM).



Compartilhe no Google+
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário